Universidade Federal do Paraná

Menu

Extensão e Cultura

Workshop reúne importantes instituições e pesquisadores da área de alemão e Humanidades Digitais

Superintendência de Comunicação Social     22 de abril de 2019 - 9h16

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) realizou, nos dias 5 e 6 de abril, um workshop dedicado à pesquisa sobre a imprensa de língua alemã no Brasil. Intitulado “Imprensa multilíngue, Brasil plural – Cultura democrática e inovação da pesquisa em humanidades”, o evento possibilitou o encontro presencial de diversas instituições parceiras no desenvolvimento, consolidação e ampliação do projeto “dbp digital – Imprensa Brasileira de Língua Alemã”, que tem o objetivo de integrar, disponibilizar e analisar em ambiente digital acervos que, no Brasil e na Alemanha, preservem os mais de 615 periódicos de língua alemã (jornais, revistas e almanaques) que circularam no Brasil sobretudo entre 1852 e 1941.

O evento – que utilizou recursos do Subprojeto SmartMinds do Projeto CAPES/Print da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PRPPG) e do Departamento de Polonês, Alemão e Letras Clássicas – teve como objetivo reunir pesquisadores (docentes, estudantes, arquivistas e bibliotecários) dedicados ao tema e dispostos a integrar em suas práticas os ambientes e recursos das chamadas Digital Humanities. Ao longo dos dois dias, os participantes discutiram desafios e possibilidades do armazenamento do material físico e digital, da disponibilização desse material à consulta pública e de sua apreciação científica, em projetos de pesquisa interdisciplinares.

Fotos: Bruna Senke Marcelino

Participaram do encontro a equipe de pesquisadores das áreas de Letras, Informática e do Sistema de Bibliotecas da UFPR; representantes dos Arquivos Históricos Municipais de Joinville, Blumenau, Brusque e São Bento do Sul; do Instituto Martius Staden, de São Paulo; pesquisadores internacionais da área, como Thomas Keil e Julian Drews, além de outras grandes instituições estatais como a Biblioteca Pública do Paraná e a Fundação Biblioteca Nacional, do Rio de Janeiro.

Afora a UFPR, estiveram representadas outras instituições de ensino superior, como a Universidade de São Paulo e a Universidade do Vale do Rio dos Sinos, com as participações das professoras Celeste Henriques Marquês Ribeiro de Sousa (USP) e Isabel Cristina Arendt (UNISINOS), que, além de professoras de língua e literatura alemãs, são renomadas pesquisadoras da área, nos grupos RELLIBRA e Transfopress. Representantes argentinos e alemães também estiveram presentes, como Regula Rohland de Langbehn e Roberto Liebenthal, do Centro de Documentación de la Inmigración de Habla Alemana (Centro DIHA, ligado à Universidad Nacional de San Martin, Buenos Aires) e Ricarda Musser (do Instituto Ibero-Americano de Berlim, maior centro de documentação ibero-americana de toda a Europa).

dokumente.br

A iniciativa dokumente.br, da área de Alemão da UFPR, tem como objetivo a catalogação, digitalização e disponibilização online de material em língua alemã produzido e publicado no Brasil, sobretudo periódicos. A iniciativa é fruto da parceria de arquivos e fundações culturais em que esse material se encontra, além de grupos de pesquisa da UFPR nas áreas de Letras (DEPAC e PPG Letras), Informática (DInf, PPG Informática e C3SL, Centro de Computação Científica de Software Livre) e do Sistemas de Bibliotecas (SiBi/UFPR). Mais informações: www.dokumente.ufpr.br.