Universidade Federal do Paraná

Menu

Ensino e Educação

Visitantes do stand de Matemática Industrial aprendem as aplicações do curso com jogos interativos

Superintendência de Comunicação Social     25 de agosto de 2018 - 15h27

As pessoas que visitarem a UFPR: Cursos e profissões no sábado (25) e domingo (26) poderão participar de dois jogos de aplicação na Matemática Industrial. A interação desperta a curiosidade no público e demonstra algumas das teorias ensinadas ao longo do curso.

O jogo “Propriedade refletora da parábola” instiga os visitantes a tentarem descobrir o princípio de funcionamento das antenas parabólicas, por exemplo. A teoria diz que os raios incidentes a uma superfície parabólica, paralelos ao eixo central, refletem para o foco. De acordo com o coordenador do curso, José João Rossetto, esses sinais que convergem ao foco são intensificados e se transformar em uma imagem. Outra aplicação cotidiana desse princípio é em faróis de automóveis.

“Propriedade Refletora da Parábola” Foto: Jéssica Tokarski

Já o “Problema do caixeiro-viajante” consiste em determinar a menor rota para percorrer uma série de cidades – visitando uma única vez cada uma delas –, retornando à cidade de origem. “É um problema de otimização inspirado na necessidade dos vendedores e fornecedores em realizar entregas em diversos locais percorrendo o menor caminho possível, reduzindo o tempo necessário para a viagem e os possíveis custos com transporte e combustível”, explica Rossetto.

O jogo apresentado no stand desafia os participantes a simularem uma rota passando um pedaço de barbante por todos os pontos – que representam lugares de Curitiba – até voltar para o ponto de origem, sem sobrar barbante. Os participantes que conseguirem resolver o problema concorrem a um livro.

Problema do caixeiro-viajante. Foto: Jéssica Tokarski

O curso

O principal diferencial do curso de Matemática Industrial para o de Matemática consiste em suas aplicações. “Desenvolvem-se ferramentas para resolver problemas em indústrias e empresas, modelando esses problemas e implementando-os computacionalmente com os algarismos matemáticos”, relata o coordenador.

As principais áreas de atuação de um profissional formado em Matemática Industrial são em análise de créditos bancários, análise de riscos para empréstimos bancários e seguros, logística e distribuição. “O estudante formado nessa graduação já sai da universidade preparado para o mercado de trabalho, pois o realizam dois estágios em empresas e têm experiências práticas na área”.

Stand de Matemática Industrial. Foto: Jéssica Tokarski