Universidade Federal do Paraná

Menu

+ UFPR

Usina da UFPR em Palotina produzirá álcool 70 a partir de bebidas alcoólicas

Jéssica Tokarski     15 de maio de 2020 - 9h33

O Setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR) contará, em breve, com uma Central de Produção de álcool 70 para auxiliar no combate à Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O objetivo da central é destilar etanol de bebidas alcoólicas apreendidas pela Receita Federal para produção de álcool 70.

Pensando em auxiliar no combate à pandemia e em utilizar a estrutura já existente na instituição, um grupo de professores do Setor Palotina elaborou um projeto para destilar o etanol de bebidas alcoólicas apreendidas na fronteira do Brasil com o Paraguai. A iniciativa está firmando parceria com a Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu.

A infraestrutura utilizada para o projeto é da usina piloto de produção de etanol, adquirida pela UFPR há alguns anos para fins didáticos e desativada no segundo semestre de 2019, por conta de reformas no prédio. Antes disso, funcionava como laboratório didático quase que exclusivamente para produção de etanol a partir de cana-de-açúcar. A usina possui capacidade de destilar até 350 litros de etanol por dia e obtê-lo na forma hidratada (92ºGL), principal insumo para a produção do álcool 70 INPM e em falta no mercado no mercado nacional.

Parte dos equipamentos e acessórios que compõem a usina piloto de etanol do Setor Palotina.

“O uso destas bebidas agregará valor a um produto impróprio para consumo e de descarte oneroso ao meio ambiente, tornando-o útil para a saúde pública e para a sociedade de uma maneira geral”, avalia Helton José Alves – químico, professor do Setor Palotina e diretor de Desenvolvimento e Integração (INTEGRA) da UFPR.

O projeto tem apoio financeiro do Ministério Público do Trabalho (MPT) e da Justiça do Trabalho (JT) no Paraná que, por meio da campanha “Esta Luta é de Todos Nós” da Fundação da Universidade Federal do Paraná (Funpar), destinaram R$281.400,00 para a central. A verba doada, proveniente de multas aplicadas às empresas da iniciativa privada que cometeram algum tipo de irregularidade, está sendo utilizada para a construção de uma pequena edificação que deve garantir as condições adequadas para o funcionamento da usina. A responsabilidade pela execução financeira do projeto é da Funpar.

“A estrutura, uma edificação pré-moldada de 115 m², será capaz de expandir significativamente a produção de álcool 70, tornando o projeto de combate à Covid-19 já existente no Setor mais sustentável financeiramente e ambientalmente. A medida também ampliará o raio de atuação do projeto, podendo atingir outros municípios da região oeste do Paraná”, explica a diretora do Setor Palotina, Yara Moretto, garantindo que a proposta, além de atender o momento atual, manterá a produção após a pandemia e distribuirá o produto para as áreas de saúde e de segurança da região.

Obra viabilizará a reinstalação da usina piloto de etanol no Setor.

Alves afirma que mesmo quando o período de aceleração do contágio da Covid-19 passar, ainda haverá atenção redobrada nos estabelecimentos públicos de saúde. “Portanto, a demanda pelo álcool 70 (líquido ou gel) permanecerá por um período prolongado, o que exigirá a mobilização de toda a sociedade e também das universidades para viabilizar sua disponibilização, principalmente no atendimento a órgãos públicos”. Além da participação de vários docentes, o projeto envolve servidores técnicos administrativos e alunos de graduação e de pós-graduação do Setor Palotina.


UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2020 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela AGTIC - Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação da UFPR