Universidade Federal do Paraná

Menu

Ciência e Tecnologia

UFPR recruta participantes para pesquisa sobre efeitos da pandemia

Simone Meirelles     18 de outubro de 2021 - 8h29

A pandemia de COVID-19 afetou milhões de pessoas ao redor do mundo. Além das mortes, as sequelas físicas e emocionais dos sobreviventes, familiares enlutados e profissionais da saúde, somam-se os efeitos psicológicos adversos nas populações em geral, os impactos econômicos e perda de renda além das transformações nas relações sociais cotidianas (na vida privada e pública). São impactos que ainda precisam ser explicados e compreendidos a partir de uma abordagem multidimensional e transnacional.

A American Psychological Association (APA) lançou uma Força Tarefa mundial composta por pesquisadores com diferentes expertises e oriundos de mais de 40 países ao redor do mundo para estudar os impactos da pandemia. A Universidade Federal do Paraná integra esta rede de cooperação internacional por meio de uma equipe multiprofissional coordenada pela professora Rubia Giordani, do Departamento de Nutrição.

A tarefa das pesquisadoras é de compreender os impactos da pandemia em diferentes áreas da vida humana, as percepções e as experiências da Covid-19 em adultos entre 18 e 60 anos a partir de perspectiva multidimensional e transcultural, considerando a diversidade cultural e social ao redor do mundo.

Nesta nova pesquisa iniciada em setembro, a equipe multiprofissional está responsável pela avaliação da qualidade e a validade de instrumentos psicométricos que medem aspectos da experiência e da saúde mental durante a pandemia.

Conforme explicam as pesquisadoras, os instrumentos psicométricos são utilizados para a mensuração de constructos e variáveis de ordem psicossocial, que aliados a métodos de análise estatística, permitem mensurar e analisar processos de forma objetiva. Esse tipo de teste pode ser usado em diferentes situações em contextos educacionais, clínicos, empresariais, marketing ou para pesquisas científicas. Sempre que um novo instrumento psicométrico é criado, é necessário avaliar a sua qualidade, em especial, no que diz respeito à validade, que aponta se o teste está de fato medindo aquilo que se propõe, e à precisão, que fala sobre o grau de reprodutibilidade da medida.

A pesquisa “Abordagens transculturais e multidimensionais do impacto da Covid-19” avaliará instrumentos psicométricos voltados aos aspectos da saúde mental (como medo, ansiedade, resiliência e otimismo), características pessoais, mas também sobre a percepção de ameaça, comportamentos pró-saúde, religiosidade, relação com o meio ambiente, identidade social e confiança na sociedade e no governo.

Para participar da pesquisa de forma anônima e voluntária, basta acessar o formulário por meio do link https://qrco.de/bcOaxn

Mais informações podem ser obtidas no vídeo

https://www.youtube.com/watch?v=ylTyOSh9qVo


UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2021 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela AGTIC - Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação da UFPR