Universidade Federal do Paraná

Menu

+ UFPR

UFPR divulga campanha “Trote sem violência” e orienta comunidade acadêmica

Superintendência de Comunicação Social     17 de fevereiro de 2020 - 8h22

A tradicional campanha da Universidade Federal do Paraná “Trote sem violência” reforça a conscientização dos alunos de que a recepção aos calouros deve ser um momento de alegria e integração com os veteranos, em que nenhum tipo de violência pode ser tolerada, seja física ou simbólica. O objetivo é inibir ações ofensivas e discriminatórias.

As denúncias que eventualmente chegarem à universidade serão analisadas por um comitê criado especialmente para este fim, e que dará o encaminhamento devido a cada caso – internamente ou, se for o necessário, acionando o Ministério Público ou outros órgãos externos.

Os canais institucionais para denúncias são os e-mails alertatrote@ufpr.br e acolhe.sipad@ufpr.br, além do formulário disponível no site da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (acesse aqui).

A Prae solicita que as denúncias sejam enviadas com informações sobre local, data e hora da ocorrência, o tipo de violência verificado e, se possível, identificação do denunciante e dos suspeitos de praticar a violência.

A comissão que encaminha as denúncias é formada pela Prae em conjunto com a Superintendência de Inclusão, Políticas Afirmativas e Diversidade (Sipad) e a Diretoria Disciplinar. Os setores também terão comissões para acompanhar as atividades locais de recepção aos calouros.

Recepção aos calouros

As comissões setoriais e o Diretório Central dos Estudantes, com o apoio da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae), realizam a Semana de Recepção aos Calouros 2020. A programação abrange um conjunto de atividades de natureza acadêmica, científica, artística, cultural, esportiva e recreativa. As ações são monitoradas pelas comissões setoriais de recepção.

Denúncias

Qualquer tipo de manifestação que envolva agressão física, moral, danos e preconceito de gênero, raça-cor, capacidade, orientação sexual e identidade de gênero ou outras formas de constrangimento, dentro ou fora da UFPR, são atitudes inaceitáveis e devem ser denunciadas.

Após receber a denúncia, a equipe multidisciplinar da Universidade fará o acolhimento da vítima e encaminhará a denúncia para a Diretoria de Procedimentos Disciplinares. A partir dessa etapa, haverá apuração dos fatos, seguindo o regimento geral da UFPR, bem como normas e legislação vigentes no país.

O estudante ou membro da comunidade que presenciar qualquer ato violento, discriminatório ou constrangedor com relação à recepção dos calouros pode realizar denúncia por meio dos endereços de e-mail alertatrote@ufpr.br e acolhe.sipad@ufpr.br ou pelo link: http://www.prae.ufpr.br/prae/alertatrote/