Universidade Federal do Paraná

Menu

+ UFPR

Últimas notícias...


Histórico de notícias

UFPR está entre as 25 instituições selecionadas para programa de internacionalização da Capes

Superintendência de Comunicação Social     20 de agosto de 2018 - 17h12

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) é uma das 25 instituições brasileiras – e a única do Estado – selecionadas para receber recursos do Capes/Print, programa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) que vai financiar planos estratégicos de internacionalização da pesquisa e da pós-graduação. O resultado foi anunciado nesta segunda-feira (20) e, para a UFPR, representa o aval para um projeto desenvolvido ao longo de seis meses, com a participação de professores e pesquisadores de 69 cursos de pós-graduação, sob a coordenação da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.

O Programa Institucional de Internacionalização (Print) recebeu propostas de 108 instituições de ensino superior. O edital previa atender até 40 proponentes, mas apenas 25 foram selecionadas num primeiro momento (ainda cabe recurso). Destas, 21 são instituições públicas, a maioria federal. O volume total anunciado de recursos é de R$ 300 milhões anuais, ao longo de quatro anos, começando já em novembro de 2018.

A Capes ainda não divulgou o valor que será destinado a cada instituição selecionada. O plano apresentado pela UFPR contempla 16 projetos, somando R$ 61 milhões. Eles estão divididos em cinco áreas: Biodiversidade e Meio Ambiente; Materiais Avançados: Energias Renováveis e Novas Fontes de Energia; Biociências e Saúde; e Democracia, Cultura e Desenvolvimento.

Os recursos poderão ser aplicados em manutenção de projetos, missões de trabalho no exterior e bolsas no exterior ou no Brasil.

“A aprovação do nosso projeto pela Capes é uma grande notícia, pois vai acelerar um processo que já está em curso na UFPR: a internacionalização como uma proposta institucional. Até recentemente, ela era aleatória, dependente do esforço isolado de um pesquisador ou grupo de pesquisa”, afirma o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, professor Francisco de Assis Mendonça.

Francisco Mendonça: “A aprovação vai acelerar um processo que já está em curso – a internacionalização como uma proposta institucional. Foto: Samira Chami Neves – Sucom/UFPR

Mendonça destaca que hoje não é possível pensar em universidade de ponta sem a possibilidade de compartilhar métodos e informações, de realizar pesquisas complementares e de fazer circular o conhecimento, em interação com instituições no exterior.

Para o diretor da Agência UFPR Internacional, professor André Duarte, a UFPR já colheu resultados positivos do Capes Print mesmo antes da divulgação do resultado: “Durante o processo de elaboração do plano apresentado à Capes, a universidade começou a se conhecer melhor. Nós fizemos um mapeamento amplo e agora sabemos efetivamente quais universidades são nossas principais parceiras, qual o perfil dos projetos, o perfil acadêmico das equipes e as temáticas privilegiadas”.

Áreas selecionadas

O pró-reitor Francisco Mendonça explica que a escolha das áreas incluídas no plano aprovado se baseou no Programa de Desenvolvimento Institucional da universidade, que relaciona as áreas estratégicas para a instituição, e no mapeamento dos programas de pós-graduação. Foram analisados os programas de pós-graduação com notas 6 e 7 (as mais altas na avaliação da Capes), que já possuem um bom grau de internacionalização, e as temáticas mais relevantes nos programas com nota 5. “Com isso, chegamos a um espectro abrangente, que comporta a excelência da pesquisa em diversos campos do conhecimento”, completa André Duarte.

O plano foi submetido a um comitê gestor com 17 integrantes, incluindo professores-pesquisadores da própria UFPR, com excelência reconhecida em suas áreas de conhecimento; representantes da PRPPG e da Agência UFPR Internacional; e cinco pesquisadores estrangeiros, das universidades de Colúmbia, de Lisboa, de Waterloo, da Califórnia e John Innes Centre, do Reino Unido.

Mendonça destaca que, ao contrário de outras universidades, a UFPR optou por elaborar o projeto de forma compartilhada e democrática, e não concentrada na PRPPG. “Tudo isso vem inaugurando na UFPR uma nova cultura, uma forma de produção de conhecimento mais interativa”, afirma.

Para André Duarte, além dos recursos financeiros, o Capes Print permitiu à UFPR se conhecer melhor.

Inovação

Para definir a lista de instituições selecionadas, a Capes levou em conta critérios como relevância, coerência e viabilidade da proposta, capacidade técnica do grupo gestor, a habilidade na escolha das áreas e parcerias estratégicas e o uso de estratégias inovadoras para internacionalização.

No caso da UFPR, inovações desenvolvidas recentemente com vistas à internacionalização mereceram destaque no plano apresentado à Capes. Uma delas é a oferta de disciplinas transversais, uma iniciativa pioneira da PRPPG, iniciada em 2017. São disciplinas que abordam temas comuns aos diferentes programas de pós-graduação, como Escrita Acadêmica em Inglês e Métodos de Pesquisa.

Outra iniciativa inovadora é um programa de capacitação de professores para ministrar disciplinas em inglês. O responsável pelo programa, professor Ron Martinez, conta que ele começou em 2016, mas ganhou amplitude a partir do ano passado, com o apoio institucional da PRPPG.

“Já atendemos 80 professores, que respondem a uma demanda interna dos próprios alunos, interessados em se preparar para experiências no exterior, participação em eventos e acesso à bibliografia em língua inglesa”, conta Martinez. Segundo ele, a intenção agora é aproveitar os recursos do Capes Print para ampliar o programa, ofertando a capacitação na modalidade híbrida, com aulas presenciais e a distância.

Outra iniciativa liderada por Martinez é o Centro de Assessoria de Publicação Acadêmica (Capa), que apóia pesquisadores com o objetivo de ampliar a visibilidade da produção científica da UFPR.

“São ações inovadoras no País, que mostram a seriedade com que a UFPR vem trabalhando no processo de internacionalização, especialmente a partir de 2017”, afirma Martinez.

Para ele, tão importante quanto os recursos do Capes Print é o efeito do programa sobre a comunidade acadêmica. “O programa representa um impulso na conscientização sobre a importância da internacionalização”, afirma.


UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2019 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR