Universidade Federal do Paraná

Menu

+ UFPR

UFPR e TJPR firmam acordo de parceria que visa ao intercâmbio de conhecimentos

Superintendência de Comunicação Social     10 de junho de 2019 - 12h06

A Universidade Federal do Paraná (UFPR), por meio da Agência de Inovação, firmou Acordo de  Parceria com a 2ª Vice-Presidência do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) nesta segunda-feira (10). O instrumento tem como objetivo promover o intercâmbio de conhecimentos, informações e experiências, visando a formação, o aperfeiçoamento e a especialização técnica de recursos humanos, bem como fortalecer a harmonização do conhecimento relacionado ao acesso à justiça, à modernização na gestão pública e à inovação tecnológica e organizacional.

Ficará a cargo da Agência de Inovação articular as demandas do TJPR junto à UFPR e acompanhar a formalização dos projetos específicos. “A Agência preocupa-se não só com a inovação em seu conceito puro, de atender o setor produtivo, mas também com a parte social. Essa é uma oportunidade de sermos porta de entrada para a sociedade, pensando em processos melhores que resultem em serviços melhores para a população”, afirma o coordenador de propriedade intelectual e transferência de tecnologia da unidade, Alexandre de Moraes.

Foto: Marcos Solivan

Para o desembargador 2ª vice-presidente do TJPR, José Laurindo de Souza Netto, essa parceria permite desenvolver projetos de interesses em comum em termos de políticas públicas, por exemplo. “Na 2ª vice-presidência temos vários projetos atrelados ao sistema de justiça e ao sistema de cidadania. Eles podem ser alimentados por meio do conhecimento da Sociologia, Informática, Inovação de Gestão, Educação, História, entre outros. Ressalta-se a importância das Ciências Sociais para cumprir o objetivo de promover uma sociedade mais justa, igualitária e solidária”.

Segundo o reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca, o Acordo demonstra que a universidade possui imensa capilaridade com a sociedade e que é, frequentemente, procurada, pela sua expertise, para solucionar problemas da comunidade. “A centralidade e a importância da instituição está sendo reconhecida pelo TJPR. O Poder Judiciário tem um leque de possibilidades de colaboração conosco imenso e que não se restringe ao Direito. Há um potencial de estender parcerias com todas as áreas da universidade”, explica.