Universidade Federal do Paraná

Menu

Extensão e Cultura

SIEPE 2018: aberto o período de inscrições para as 20 oficinas do 17º ENEC; veja a programação completa

Camille Bropp     25 de setembro de 2018 - 20h05

A organização do 17º Encontro de Extensão e Cultura (Enec) está com inscrições abertas para as 20 oficinas que serão oferecidas durante a 10ª Semana Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão (SIEPE). A semana ocorrerá de 2 a 4 de outubro, em Curitiba. As oficinas serão realizadas no Campus Reitoria no turno da manhã ou da tarde.

As inscrições podem ser realizadas no site da Siepe. As vagas são limitadas e, em alguns casos, é preciso atenção à idade mínima para participação. No link direto (aqui), também será possível obter os certificados de participação.

As oficinas do Enec abordam áreas de conhecimento variados. Os conteúdos, públicos-alvos e materiais necessários podem ser conhecidos em detalhes no link de inscrição. As oficinas são, em geral, ligadas a projetos de extensão desenvolvidos na UFPR.

Temas

Algumas das oficinas mais concorridas estão na área de saúde. Neste ano, o Enec oferece seis oficinas na área. As voltadas ao público em geral  abordam: saúde bucal; autonomia do paciente psiquiátrico sobre o tratamento com medicamentos; orientações a cuidadores de idosos; redução de danos no abuso de drogas; e prevenção de doenças cardiovasculares em crianças de idade escolar. Já uma delas busca desenvolver empatia e humanização de estudantes da área — a “Humanizarte”.

A imigração é foco de quatro oficinas, das quais apenas uma é específica para imigrantes que participam de projetos da universidade: a que oferece capacitação em informática. As outras tratam dos seguintes temas: sensibilização das comunidades sobre o processo de migração; debate sobre a importância da interculturalidade dentro da UFPR; e a campanha “Vozes e Culturas”, que busca combater o racismo e a xenofobia.

Há ainda as oficinas culturais, como a que apresenta literatura e brincadeiras africanas. Outras opções são prática circense, radionovela e introdução à prática de violino. A ideia é que essas atividades sejam utilizadas por professores da educação básica dentro das salas de aula.

Grupo Cirthesis oferecerá oficina de circo no ENEC. Foto: Marcos Solivan/Sucom-UFPR, 3/5/52017

A educação é o foco das oficinas “Laboratório de Dados Educacionais”, que oferece um panorama da educação do País; e “Atividades didáticas para abordagem ambiental do solo”, na qual interessados (com foco especial em professores) aprendem formas de usar ambientes rurais e urbanos para experimentos que atraem alunos.

Outras oficinas, porém, têm público mais aberto, agradando principalmente a comunidade externa que possui acima de 18 anos. Uma delas, chamada “Habilidades de comunicação interpessoal”, discute as habilidades sociais em diferentes áreas da vida. Já a oficina “Resgatando o ser para um viver e comer consciente” tem foco em mulheres — a ideia é despertar o chamado “sagrado feminino” e a intuição. Na oficina “Univertur”, é oferecida uma visita guiada à UFPR, na intenção de promover a interação entre a universidade e demais segmentos da sociedade.

Programação

Além das oficinas, o 17º Enec oferecerá rodas de conversa que serão realizadas na Sala 600 do Edifício Dom Pedro I, no Campus Reitoria. Os temas serão: meio ambiente; cultura; direitos humanos e justiça; educação; e saúde.

A programação do encontro inclui ainda feira, com cerca de 150 estandes no total, e apresentações orais. A lista desses trabalhos, de acordo com a modalidade, pode ser conferida neste link.

Sobre o Enec

O Enec é realizado pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec), por meio das comissões organizadoras e juntamente com o Comitê Assessor de Extensão (CAEX) e os coordenadores de programas e projetos de extensão.

Entre os participantes do encontro estão bolsistas de extensão, de ações afirmativas, do Programa de Extensão Universitária (ProExt) e voluntários dos programas e projetos, além de servidores (docentes e técnicos) e participantes externos.

Trata-se de um dos pilares da SIEPE, que também conta com a sua programação geral, o 26º Evento de Iniciação Científica (EVINCI), o 17º Encontro de Atividades Formativas (ENAF) e o 11º Evento de Iniciação Tecnológica (EINTI).

PROGRAMAÇÃO
(acesse o site www.siepe.ufpr.br/2018 para mais detalhes e eventuais atualizações)

OFICINAS

2/10 (manhã)

DESENVOLVIMENTO DE CURSOS DE CAPACITAÇÃO EM INFORMÁTICA PARA IMIGRANTES
Objetivo: Capacitar os imigrantes no uso de tecnologias relacionadas à informática.
Público-alvo: imigrantes regularmente inscritos no curso de português para imigrantes oferecido pela UFPR
Vagas: 20
Duração: 2 horas
Horário: 8 às 10 horas
Responsável e ministrante: Luis Allan Kunzle

REFÚGIO, MIGRAÇÕES E HOSPITALIDADE
Objetivo: Pela ótica do direito interno e direito internacional, a oficina pretende passar um vídeo da campanha “vozes e Culturas” e então debater sobre a importância da interculturalidade proporcionada pela migração e criticar o racismo e xenofobia que existe na sociedade em geral e dentro da própria UFPR, em relação aos alunos migrantes.
Público-alvo: sem restrição.
Vagas: 20
Duração: de 30 min a 1 hora
Horário: 10 às 11 horas
Responsável: Jose Antonio Peres Gediel
Ministrantes: Tatyana Scheila Friedrich, Jose Antonio Peres Gediel, Gésar Thirose, Gessica Medeiros, Tania Savariego

MIGRANTES, REFUGIADOS, VOZES E CULTURAS NA UFPR: POR UMA UNIVERSIDADE ABERTA, PLURAL E DEMOCRÁTICA
Objetivo: Debater sobre a importância da interculturalidade proporcionada pela migração e criticar o racismo e xenofobia que existe na sociedade e dentro da própria UFPR.
Público-alvo: Sem restrição (aberto para público interno e externo, sociedade civil, estudantes e professores).
Materiais necessários: caneta e blocos de anotações, caso tenha interesse.
Vagas: 20
Duração: de 30 minutos a 1 horas
Horário: 11 às 12 horas
Responsável: Tayana Scheila Friedrich
Ministrantes: Tatyana Scheila Friedrich; José Antônio Gediel, César Thirose, Gessica Medeiros, Tania Savariego

MIGRAÇÃO E PROCESSOS DE SUBJETIVAÇÃO: PSICOLOGIA, PSICANÁLISE E POLÍTICA NA REDE DE ATENDIMENTO AO MIGRANTE
Objetivo: Sensibilizar a comunidade com relação ao processo de migração e suas demandas, situar os aspectos psíquicos envolvidos no Processo de migração e desenvolver estratégias para o trabalho da psicologia com as demandas dos imigrantes e da rede de apoio a essa população.
Público-alvo: alunos da UFPR, profissionais que trabalham no campo das migrações e público em geral interessado no tema.
Vagas: 25
Duração: 4 horas
Horário: das 8 às 12 horas
Responsável: Elaine Cristina Schmitt Ragnini
Ministrantes:Elaine Cristina Schmitt Raginini, Graziela Lucchesi Rosa da Silva, Amanda Marchioro Muniz, Amarilys Salomão, Arthur Silvério de Oliveira, Daniel Penhalver Fischer, Joana Tocalino Morabito, Luana Lubke de Oliveira, Manuela Busato, Mayssun Omari Osman, Victoria de Biassio Klepa

PREVENÇÃO DE DOENÇAS CARDIOVASCULARES ENTRE CRIANÇAS DE ESCOLAS DE CURITIBA
Objetivo: Conhecer estratégias para um estilo de vida saudável para crianças por meio de metodologia ativa de ensino na escola para prevenção de doenças cardiovasculares.
Público-alvo: graduandos, pós-graduandos, professores.
Vagas: 40
Duração: 3 horas
Horário: 9 horas às 12h30
Responsável: Ariani Cavazzani Szkudlarek
Ministrantes: Johnny Gabriel de Oliveira, Heloysa Padilha Portela, Juan Vitor Miranda, Nathália Elizabeth Borges

2/10 (tarde)

CONTOS E ENCANTOS DA LITERATURA DE TEMÁTICA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA
Objetivo: Discutir a importância da escola incluir a diversidade étnico-racial no seu currículo apresentando possibilidades por meio lúdico com foco em brincadeiras africanas.
Público-alvo: Para todas as pessoas interessadas em brincar e conhecer a cultura africana e afro-brasileira especialmente para professores da educação básica.
Materiais necessários: recomendado ir com roupas confortáveis, que permitam movimentos.
Vagas: 30
Duração: 3h30
Horário: 13h30 às 17 horas
Responsável: Lucimar Rosa Dias
Ministrantes: Lucimar Rosa Dias; Andrea Barbosa; Flavia Carolina da Silva

INTRODUÇÃO À PRÁTICA DO VIOLINO
Objetivo: O contato imediato com o instrumento (violino) e a prática em conjunto.
Público-alvo: Comunidade acadêmica e comunidade externa. Idade mínima de oito anos.
Materiais necessários: serão fornecidos, mas donos de instrumentos de arco podem levá-los (violino, viola, violoncelo ou contrabaixo acústico).
Vagas: 20
Duração: 2 horas
Horário: 13h30 às 15h30
Responsável: Edwin Ricardo Pitre Vasquez
Ministrante: Rodrigo Ferreira Portella

3/10 (manhã)

ATIVIDADES DIDÁTICAS PARA ABORDAGEM AMBIENTAL DO SOLO
Objetivo: Visa instrumentalizar pessoas que trabalham no ensino ou na educação ambiental, com o tema “solos”, e sua relação com os ambientes naturais e antropizados (rurais e urbanos). Os participantes irão montar experimentos com solos sobre: erosão, infiltração da água, magnetismo, textura, ar, densidade, formação do solo, porosidade, cores, etc.
Público-alvo: Professores do ensino fundamental, médio e técnico, interessados em educação ambiental, alunos de Pedagogia e licenciaturas em Geografia e Ciências Biológicas, e demais interessados.
Materiais necessários: nenhum.
Vagas: 30
Duração: 2 horas
Horário: 10 horas às 12h30
Responsável: Fabiane Machado Vezzani
Ministrantes: Fabiane Machado Vezzani; Marcelo Ricardo de lIma

UNIVERTUR
Objetivo: Apresentar a UFPR ao público interno e externo através da realização de visitas guiadas pelos espaços da UFPR, visando a interação entre a universidade e diversos segmentos da sociedade, tais como estudantes de ensino médio, alunos de intercambio nacional e internacional, participantes da Universidade Aberta da Maturidade (UMA/UFPR) e servidores da instituição.
Público-alvo: Estudantes de ensino médio, do curso de graduação em turismo, de intercâmbio; servidores da UFPR; e participantes da Universidade Aberta da Maturidade.
Vagas: 40
Duração: 3 horas
Horário: 8 às 11 horas
Responsável e ministrante: Sandro Carlos Eduardo Silveira

3/10 (tarde)

LABORATÓRIO DE DADOS EDUCACIONAIS
Objetivo: O objetivo é facilitar o acesso e uso de dados e indicadores educacionais em diferentes níveis de desagregação (Brasil, regiões, estados e municípios) nas dimensões do acesso à educação; características e condições da oferta de ensino; condições de trabalho dos professores; características sócio, econômica e demográfica dos alunos; e características da organização, financiamento e gestão das escolas e sistemas de ensino.
Público-alvo: gestores das secretarias de Educação, dirigentes; servidores da área de planejamento educacional; agentes dos conselhos de educação; conselheiros do Fundeb; docentes; agentes dos sindicatos dos profissionais da educação; sociedade civil organizada (membros de fóruns educacionais, ONGs e entidades sem fins lucrativos); membros de entidades estudantis e de pais; comunidade acadêmica (pesquisadores, alunos de graduação e pós-graduação em educação).
Materiais necessários: bloco de anotações e caneta.
Vagas: 40
Duração: 3 horas
Horário: 13h30 às 16h30
Responsável e ministrante: Thiago Alves

INTRODUÇÃO PRÁTICA AS ACROBACIAS COLETIVAS: EXPLORANDO O UNIVERSO DO CIRCO COM O CIRTHESIS
Objetivo: Introdução aos fundamentos da linguagem circense por meio da prática de acrobacias coletivas (pirâmides, equilíbrios em dupla, etc.)
Público-alvo: adultos, pessoas interessadas em conhecer a prática do circo como opção de atividade física, lazer, saúde e arte.
Materiais necessários: colchonete ou tapete de EVA (tipo yoga) para exercícios que necessitam contato com o solo.
Vagas: 30
Duração: 1h30
Horário: 13h30 às 15 horas
Responsável e ministrante: Bruno Barth Pinto Tucunduva

ELABORAÇÃO DE MAPAS E GEOREFERENCIAMENTO DE ATIVIDADES CULTURAIS NO LITORAL DO PARANÁ
Objetivo: Colaborar com o fortalecimento da rede de Associações de populações quilombolas nos Estados do Paraná a fim de fortalecer seu protagonismo na constituição de acervos digitais. – Difundir as ações das comunidades e as personalidades quilombolas por meio da elaboração de registros documentais iconográficos ou impressos.
Público-alvo: Comunidades quilombolas do Estado de Paraná, especificamente as do Litoral do Paraná (Rio Verde e Batuva) e as do Vale do Ribeira; e Comunidade acadêmica que trabalha com estas comunidades, Organizações civis que trabalham com quilombolas destes estados. Acadêmicos dos cursos de Licenciatura em Linguagem e Comunicação e Educação do Campo e Licenciaturas e bacharelados que trabalhem com a história e cultura afro-brasileira.
Vagas: 40
Duração: 3 horas
Horário: 13h30 às 16h30

4/10 (tarde)

AUTOCUIDADO E QUALIDADE DE VIDA
Objetivo: Estimular os indivíduos a refletir sobre seus hábitos e estilo de vida e através de atividades práticas o indivíduo irá pensar sobre a forma como se cuida para que possa melhorar a sua qualidade de vida.
Público-alvo: Para todas as pessoas interessadas em aprender sobre autocuidado e associação de saúde bucal e geral.
Materiais necessários: vir com roupas confortáveis.
Vagas: 30
Duração: 3 horas
Horário: 13h30 às 16h30
Responsável: Elaine Machado Benelli
Ministrantes: Elaine Machado Benelli; Alana Gabrielle Vouk; Marcelo Simião Filho

OFICINA RADIONOVELA
Objetivo: Oferecer a interessados em rádio, dicas para a produção de programas com estudantes do ensino fundamental e médio, tendo como ponto de partida narrativas ficcionais, no estilo radionovela e folhetim, o Grupo NCEP vai produzir radionovela relâmpago com os participantes.
Público-alvo: professores do ensino fundamental e médio, líderes comunitários, agentes de ONGs e quaisquer autores que atuem junto a grupos culturais, esportivos ou de outras naturezas.
Materiais necessários: Bloco de anotações, caneta e celular (para gravação).
Vagas: 15
Duração: 2 horas
Horário:13h30 às 15h30
Responsável: Jose Carlos Fernandes
Ministrantes: João Eduardo Pereira Pedro, Alisson Luiz, Ana Carolina Franco Bezerra, Rafaela Moura do nascimento, Tayane Manaira

“REDUÇÃO DE DANOS: OUTROS OLHARES FRENTE O ABUSO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS”
Objetivo: Apresentar os princípios da Redução de Danos e as práticas desenvolvidas por profissionais que a desenvolvem;
Público-alvo: Todos os interessados em conhecer os fundamentos da Redução de Danos, especialmente profissionais dos campos da educação e da saúde, além de estudantes da graduação e do Ensino Médio. Idade mínima de 14 anos.
Vagas: 20
Duração: 3 horas
Horário: 13h30 às 16h30
Responsável: Dione Maria Menz
Ministrantes: Dione Maria Menz, Altieres Edemar Frei

RESGATANDO O SER PARA UM VIVER E COMER CONSCIENTE
Objetivo: Realizar atividades práticas que promovam o despertar para o resgate da essência, do sagrado feminino e da intuição.
Público-alvo: mulheres com 18 ou mais
Materiais necessários: trazer saia longa, de preferência rodada; e colchonete ou similar. Usar roupa confortável.
Vagas: 15
Duração: 4 horas
Horário: 13h30 às 17h30
Responsável: Monica de Caldas Rosa dos Anjos
Ministrantes: Mônica de Caldas Rosa dos Anjos; Silvia Amaral Rigon; Veridiane Guimarães Ribas Sirota; Roney Hoffmann
Equipe de apoio: Francisca Rayrane Pereira da Silva Runschka; Letícia dos Santos Solaro; Nathália dos Santos Schneider; Rafaela Olle da Luz Szlar

RODAS DE CONVERSA (Sala 600 – Ed. Dom Pedro I)

MEIO AMBIENTE
2/10, das 8 às 12 horas

CULTURA
2/10, das 13h30 às 17h30

DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA
3/10, das 8 às 12 horas

EDUCAÇÃO
3/10, das 13h30 às 17h30

SAÚDE
4/10, das 13h30 às 17h30

FEIRA

2/10, das 8 às 12 horas; e das 13h30 às 17h30
3/10, das 8 às 12 horas; e das 13h30 às 17h30
4/10, das 13h30 às 17h30


Outras notícias

UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2019 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR