Universidade Federal do Paraná

Menu

+ UFPR

Setor Palotina ganha novo laboratório para estudo da qualidade de água e alimentos

Superintendência de Comunicação Social     4 de maio de 2015 - 21h51

FOTO: Marcos Solivan

FOTO: Marcos Solivan

A expansão da Universidade Federal do Paraná pelo interior do estado ganhou novo capítulo na última quinta-feira (30). O reitor Zaki Akel Sobrinho, o vice-reitor, Rogério Mulinari, e o superintendente de Infraestrutura da UFPR, Álvaro Pereira, estiveram na cidade de Palotina para inaugurar o Laboratório de Inspeção e Controle de Qualidade de Alimentos e Água (Lacoma).

De acordo com o reitor, não se trata apenas de ampliação do espaço físico; para ele, a expansão é um processo que envolve contribuições efetivas no dia-a-dia dos acadêmicos e na própria comunidade onde se insere. “Hoje o Lacoma recebe uma casa nova. São mais de 500m² e R$ 1,2 milhão de investimento. Avançamos para dar continuidade coerente com o compromisso que assumimos junto à comunidade. Oferecer ensino, pesquisa e extensão de qualidade e excelência no Setor Palotina”, afirma Zaki Akel.

O Lacoma tem 16 anos dedicados à pesquisa de análises microbiológicas de alimentos e águas. O primeiro prédio do laboratório apresentou problemas estruturais em 2014, e precisou ser demolido. Para o coordenador da iniciativa, professor Luciano Bersot, os antigos 178m² proporcionaram importantes momentos; mas, com o novo bloco, a expectativa é outra. “A gente tem um laboratório de 16 anos que construiu, neste tempo, muitas atividades na área de pesquisa e extensão, atendendo à demanda da graduação e da pós-graduação. Com a ampliação cresceremos ainda mais”, avalia o coordenador.

17326388015_d30b4c75c0_z (1)

Para o reitor Zaki Akel, a obra é continuidade de um projeto de expansão coerente com a qualidade e excelência da UFPR – FOTO: Marcos Solivan

O novo prédio abriga o laboratório, salas de estudos, salas de aulas e gabinetes de professores. Ao todo, são 251m² de área construída e mais de 500 m² de área total. A obra vem de um plano desenvolvido ainda em 2009, o que agilizou os trabalhos quando a estrutura precisou ser desfeita. “Com o projeto pronto, a obra aconteceu de forma muito rápida e bem feita. Estamos entregando um prédio com qualidade para a comunidade. Um crescimento planejado que está dando certo e confirma a qualidade do plano diretor de Palotina”, explica o superintendente de Infraestrutura da UFPR.

Segundo o diretor do Setor Palotina, Elizandro Pires Frigo, mais do que atender à demanda de pesquisa, o novo bloco ampliará o ensino de pós-graduação. “Esta estrutura vem atender à pesquisa, mas, acima de tudo, teremos salas de aulas que atenderão aos novos cursos de pós-graduação. Palotina avança nesta área, pois saímos de um único curso para seis de especialização e mestrado. Dentro de nosso projeto de expansão, esta é uma etapa muito importante”, diz Frigo.

FOTO: Marcos Solivan

Comunidade acadêmica esteve presente para conhecer nova estrutura – FOTO: Marcos Solivan

Na realidade dos estudantes, o prédio simboliza maior aprimoramento para os que desejam seguir a carreira de inspetor sanitário, exclusiva de médicos veterinários. Samuel Rosa, um dos primeiros estagiários do laboratório, esteve na inauguração e lembrou o quanto as pesquisas agregaram à sua profissão. “Para mim, foi fundamental participar, desenvolver trabalhos científicos e publicá-los. O Lacoma foi crucial para minha vida profissional, me deu um leque muito grande de conhecimento”, conta o egresso.

A comitiva ainda aproveitou a estada em Palotina para avaliar novos projetos e vistoriar obras em execução no Setor – como as do restaurante universitário, que tem previsão de entrega em 90 dias para dar início à estruturação interna e atendimento de mais de mil refeições por dia. “Vimos que a construção do RU está bem adiantada e que novas obras precisam ser agilizadas, como a revitalização do Seminário, um almoxarifado, um galpão. Não podemos perder tempo”, reforça o reitor.

Por Alexandra Fernandes