Universidade Federal do Paraná

Menu

Extensão e Cultura

Selecionado pelo Ministério do Meio Ambiente, projeto do Setor Palotina incentiva segregação de resíduos domiciliares

Aline Fernandes França     17 de maio de 2018 - 15h08

Mais de 450 domicílios e 20 instituições de ensino do município de Palotina deverão ser atingidos por um projeto da Universidade Federal do Paraná que propõe mobilizar a comunidade de 17 bairros para a segregação de resíduos sólidos. Desenvolvido em parceria com a Prefeitura de Palotina, o projeto “Palotina recicla o orgânico!” é o único do Paraná contemplado por um edital do Ministério do Meio Ambiente.

O edital selecionou, ao todo, projetos de 12 cidades brasileiras. A proposta aprovada para Palotina é promover a separação dos resíduos  em três frações: recicláveis, orgânicos e rejeitos.

A expectativa é que mais de 1,7 mil pessoas participem diretamente do projeto e mais de 3,4 mil indiretamente. O Setor Palotina UFPR é responsável pela implementação da metodologia, apoio técnico, atividades de pesquisa e extensão, além da divulgação e popularização da ciência e tecnologia.

Para cada tipo de fração, será indicado um coletor diferente. O projeto vai incentivar a implementação de composteiras caseiras nos domicílios e comunitárias em instituições públicas e privadas.

“A proposta também se configura como um convite à população para colaborar na construção de políticas públicas para a gestão de resíduos orgânicos”, afirma a coordenadora do projeto de extensão e professora do Departamento de Biodiversidade do Setor Palotina UFPR, Valéria Ghisloti Iarede.

O edital do Ministério do Meio Ambiente foi divulgado pelo Fundo Nacional do Meio Ambiente e pelo Fundo Socioambiental Caixa em 2017, com o objetivo de apoiar projetos de compostagem – uma alternativa tecnológica de reciclagem de resíduos orgânicos.

A prática, ainda pouco explorada no Brasil, permite diversas possibilidades de aplicações e políticas públicas para a redução da quantidade de resíduos orgânicos enviados para descarte.

“É o paradigma do ‘fazer parte’ ao invés do ‘cada um fazer sua parte’. Ao estarmos colaborando com a construção de políticas públicas, nos percebemos como indivíduos dentro de um coletivo e nosso trabalho é potencializado. Isso é essencial para as ações de educação ambiental!”, completa a docente Valéria.

A iniciativa de Palotina foi contemplada com mais de R$ 698 mil pelo edital. “Esse edital veio contribuir muito para as ações ambientais que já haviam sido iniciadas, visando tornar o Setor Palotina cada vez mais exemplo em sustentabilidade. Enquanto universidade pública, cumpriremos o nosso papel de formadores e fomentadores de ações voltadas para o desenvolvimento sustentável e o bem-estar social”, destaca a docente Yara Moretto, vice-diretora do Setor Palotina e vice-coordenadora do projeto.

Todas as cidades selecionadas participaram de uma capacitação em compostagem comunitária e gestão de resíduos orgânicos em Florianópolis.
Divulgação: projeto ‘Palotina recicla o orgânico!’

Mobilização social e destino dos resíduos

Palotina é marcada pelo intenso uso de agrotóxicos, já que a principal atividade econômica da cidade é a agricultura, com foco no cultivo de soja e milho. De acordo com as docentes da UFPR, a proposta também deve abordar esse problema socioambiental e motivar o composto orgânico como uma alternativa tecnológica que substitui os herbicidas e pesticidas.

A mobilização social será trabalhada com a formação de Círculos de Aprendizagem Permanente. Um líder comunitário deverá atuar diretamente com a população de cada bairro, assessorado por membros da equipe executora e técnicos especializados no assunto.

Nos domicílios será incentivada a adoção de composteiras caseiras e nas instituições como escolas, universidade, prédios de serviço público; as composteiras comunitárias.

Os participantes poderão decidir como será essa dinâmica de utilização e destino do composto. Entre as opções estão: venda para geração de renda, uso em hortas e plantas no local e doação para o Horto Municipal de Palotina.

O projeto encaminhará os resíduos recicláveis para a central de triagem da associação de catadores do município; os resíduos orgânicos serão dispostos em potes individuais nos domicílios e bombonas em instituições para serem destinados para as composteiras comunitárias. Os rejeitos serão descartados no aterro sanitário do município.

Representantes do Setor Palotina em capacitação.
Divulgação: projeto ‘Palotina recicla o orgânico!’

Legislação

“Palotina recicla o orgânico!” segue diretrizes da Lei nº 12.305 de 2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos. A legislação estabelece que devem ser dispostos em aterros sanitários apenas os resíduos sólidos que não tenham viabilidade tecnológica ou econômica para serem reaproveitados, ou seja, os rejeitos.

A proposta também está em conformidade com a resolução 090 de 2013 do Conselho Estadual de Meio Ambiente, sobre a proibição da destinação integral da fração orgânica compostável para aterros.

Os resíduos deverão ser previamente separados na origem em, no mínimo, três frações: fração reciclável, fração orgânica e rejeitos.

 

Etapas do projeto

Oito estudantes do Setor Palotina integram o projeto de extensão –  cinco do curso de Ciências Biológicas e três de Agronomia.

Na primeira etapa, representantes das 12 cidades selecionadas participaram de uma capacitação em compostagem comunitária e gestão de resíduos orgânicos no mês de abril, em Florianópolis.

A equipe planeja agora as atividades de formação dos agentes, gestores e monitores que atuarão diretamente com a comunidade. O grupo espera que as iniciativas continuem após a finalização do convênio.


Outras notícias

UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2019 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR