Universidade Federal do Paraná

Menu

Ensino e Educação

Questionário on-line reúne informações sobre situações que envolvem preconceito na UFPR

Bruna Bertoldi Gonçalves     9 de setembro de 2019 - 16h58

Um questionário para identificar situações que envolvem preconceito na Universidade e que será utilizado para promover ações para ajudar as vítimas. Esse é objetivo de uma ação vinculada ao projeto de pesquisa e extensão “Identidade, Políticas Inclusivas e Universidade Contemporânea: Desafios à Psicologia Brasileira”, coordenado pela professora do Departamento de Psicologia da UFPR, Miriam Graciano de Souza Pan. 

O público-alvo são estudantes de graduação e de pós-graduação. “Com os resultados, pretende-se organizar e oferecer um serviço de acolhimento e apoio”, afirma a diretora técnica do Centro de Assessoria e Pesquisa em Psicologia e Educação (Ceappe), Francine Rocha. Após a coleta das informações, serão oferecidas rodas de conversa para debater o tema e oficinas para discutir o preconceito na instituição. A prevenção de saúde mental na Universidade também estará em pauta.

“A intenção é construir dados para que possamos pensar em políticas e práticas inclusivas dentro da UFPR”, afirma a psicóloga e doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE), Raquel Kämpf. O formulário on-line ficará disponível até o final do mês de setembro. Acesse aqui.

Escuta gratuita

Desde o início de setembro, Raquel oferta um serviço de escuta de experiências de preconceito na Universidade. “O questionário é um complemento desse serviço, no sentido de compreensão da problemática. As perguntas visam identificar se existem experiências de preconceito, como acontecem, quais os tipos, sem que a pessoa precise se identificar”, explica.

Os encontros individuais ocorrem no Ceappe às terças, das 14h30 às 16h30, e às quintas, das 9h30 às 11h30. Os interessados podem agendar o atendimento e obter mais informações pelos telefones (41) 3310-2840 e (41) 99666-9480.