Universidade Federal do Paraná

Menu

Ciência e Tecnologia

PRPPG orienta coordenadores de projetos do Capes PrInt sobre regras e adaptações; secretaria acompanhará plano

Superintendência de Comunicação Social     5 de outubro de 2018 - 14h30

Os 16 coordenadores de projetos da UFPR contemplados com recursos do Programa Institucional de Internacionalização (PrInt) da Capes se reuniram nesta quarta-feira (3) para receber orientações sobre a gestão de etapas e metas exigidas pelo plano. A reunião também serviu para discutir a adaptação do plano aos recursos disponibilizados (cerca de 80% do solicitado), que deverá ser concluída até a semana que vem. O plano de internacionalização da universidade deve receber, em quatro anos, em torno de R$ 48,6 milhões em recursos, segundo o resultado divulgado em agosto.

De acordo com o pró-reitor Francisco de Assis Mendonça, a PRPPG criará uma secretaria especializada no acompanhamento do plano que funcionará a partir de 1º de novembro. O acompanhamento evitará que programas tenham problemas com não conformidades ou por não alcançarem metas, o que poderia prejudicar a liberação de recursos.

Coordenadores receberam orientações do pró-reitor Francisco Mendonça (à esq., no fundo, de azul) e do coordenador dos programas de stricto sensu André Rodacki (à dir., ao lado). Foto: Leonardo Betinelli/Sucom-UFPR

De acordo com o cronograma, uma primeira parcela de recursos será referente a custeio do plano. Os coordenadores dos programas foram orientados a manter atualizadas as planilhas de controle dos itens que foram solicitados.

Mendonça reforçou a determinação do comitê gestor do Capes PrInt de tocar o plano por meio de “decisões democratizadas”. Também lembrou que o resultado demonstra que a universidade conseguiu entregar uma proposta “muito rica de argumentos”, tendo em vista que obteve 80% dos recursos solicitados. “Esse percentual mostra que nossa proposta foi muito pé no chão e pertinente com nossas características”, avaliou.

Sobre o Capes PrInt

Lançado em novembro de 2017, o edital do Capes PrInt tem o objetivo de fomentar a construção, a implementação e a consolidação de planos estratégicos de internacionalização das universidades. Para isso, as instituições deveriam submeter uma proposta à Capes, conforme as áreas de conhecimento que escolhessem priorizar. Mais de cem instituições se inscreveram e 25 foram selecionadas, entre as quais a UFPR.

Entre os itens que o edital do Capes PrInt permite financiar estão auxílios para missões de trabalho no exterior, recursos para manutenção de projetos, bolsas no Brasil e no exterior (incluindo Jovem Talento), doutorado sanduíche, programas de professor visitante, cursos de curta duração no exterior e pós-doutorados.

Na UFPR, os 16 projetos incluídos no plano abrangem cinco temas: Biodiversidade e Meio Ambiente, com três projetos; Materiais Avançados, com um: Energias Renováveis e Novas Fontes de Energia, cinco; Biociências e Saúde, com três; e Democracia, Cultura e Desenvolvimento, com cinco.

O Print da universidade envolve 40 programas de pós-graduação que obtiveram notas acima de cinco na avaliação quadrienal da Capes.

Mais notícias sobre o Capes PrInt da UFPR podem ser lidas neste link