Universidade Federal do Paraná

Menu

Extensão e Cultura

Projetos Licenciar-italiano e Madeira Mágica falam sobre Leonardo da Vinci para crianças de escola municipal

Superintendência de Comunicação Social     11 de dezembro de 2019 - 12h07

No ano em que se recorda o quinto centenário da morte de Leonardo da Vinci, um dos maiores gênios da cultura italiana, projetos da Universidade Federal do Paraná (UFPR) levaram para a Escola Municipal CEI Ulysses Silveira Guimarães oficinas de sensibilização à língua e à cultura italiana, abordando as profissões do artista.

Cerca de 90 crianças da escola puderam conhecer diferentes facetas de Da Vinci durante as 30 horas de oficina. A iniciativa teve como objetivo mostrar que “o polímata mais importante da história da humanidade foi gente como a gente, com problemas familiares, de aprendizagem e de (auto)aceitação”, revela a professora de italiano do curso de Letras, Paula Garcia de Freitas.

Leonardo da Vinci se destacou como cientista, matemático, engenheiro, inventor, anatomista, pintor, escultor, arquiteto, botânico, poeta e músico.

O projeto “Intercultura nas escolas: o italiano como língua e cultura na rede pública de ensino” vinculado ao Programa Licenciar abordou temáticas como: diferentes profissões e habilidades para exercê-las, bullying e mercado de trabalho. Fotógrafos, advogados, músicos, dançarinos, profissionais de distintas áreas, também conversaram e interagiram com as crianças.

Já os bolsistas do Programa de Educação Tutorial (PET) de Engenharia Industrial Madeireira e do projeto de extensão Madeira Mágica ficaram responsáveis por construir com os estudantes a “ponte do Leonardo da Vinci”, confeccionar brinquedos e preparar kits com peças provenientes do reaproveitamento de resíduos da indústria madeireira. Para Paula, também coordenadora do projeto do italiano no Licenciar, a parceria reflete um verdadeiro trabalho em equipe que uniu ensino, pesquisa e extensão.