Universidade Federal do Paraná

Menu

Extensão e Cultura

Extensão UFPR: Programa Política Migratória e Universidade Brasileira atende 5 mil refugiados e migrantes em 4 anos

Superintendência de Comunicação Social     23 de maio de 2019 - 13h12

Migrantes e refugiados de Curitiba e região metropolitana encontram na Universidade Federal do Paraná (UFPR) acolhimento e auxílio para enfrentar os desafios de reconstruir a vida em um novo país. O Programa Política Migratória e Universidade Brasileira (Pmub) desenvolve pesquisas sobre migrações, fornece assessoria jurídico-administrativa, promove aulas de português, informática e história do Brasil e oferece atendimento psicológico ao grupo.

A coordenadora do Pmub, Tatyana Friedrich, explica que “uma vez que os migrantes estão incluídos na UFPR, é exercida a interculturalidade, numa relação dialógica entre brasileiro e migrante, sem que uma cultura sobreponha a outra. Eles trazem novos temas e novos desafios para o ensino, a pesquisa e a extensão, enriquecendo toda a produção acadêmica na Universidade”.

Para César Toyokazu Hirose, estudante de Direito da UFPR, o programa possibilita  experiências para a vida pessoal e acadêmica. “Me fez sair de minha bolha social, conhecer o diferente e realidades diferentes da minha, o que, certamente, dentre outras coisas, tornou-me muito mais tolerante e sensível”.

O Programa é responsável pela aprovação, pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe), das resoluções nº 13/14, 02/16 e 63/18, que possibilitaram aos migrantes refugiados ou com visto humanitário retomar os estudos, revalidar diplomas e ingressar na Universidade por um processo seletivo  por meio do qual competem apenas entre si.

Desde 2013, o Pmub realiza ações da Cátedra Sérgio Vieira de Mello (CSVM), do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) e contempla seis projetos de extensão: Português Brasileiro para Migração Humanitária (PBMIH); Refúgio, Migrações e Hospitalidade; Capacitação em Informática para Imigrantes; Migração e Processos de Subjetivação; Migrantes no Paraná; Preconceito, Integração e Capital de Mobilidade; Oficina de História do Brasil para Estrangeiros.

Turma de acolhimento a haitianos de 2015. Foto: Brunno Covello

Esses projetos envolvem os cursos de Direito, Informática, Psicologia, Sociologia, Letras e o Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin), além do Programa de Educação Tutorial (PET) História da UFPR. Participam do Pmub professores, servidores, pesquisadores e estudantes de graduação e pós-graduação. De acordo com a coordenadora, entre 2014 e 2018 cerca de 5 mil pessoas foram beneficiadas pelo Programa.

Para o estudante de Direito, o Pmub tem um alto e positivo impacto social. César receia que os cortes orçamentários anunciados pelo governo no final de abril afetem bolsistas e pessoas beneficiadas pelo projeto. “Seria uma sentença de morte à extensão universitária. As ações seriam demasiadamente limitadas e, em última instância, seria cortar pela raiz os intentos de acabar com o preconceito que se tem com os migrantes e refugiados, mantendo-os em posição de vulnerabilidade, sem oportunidades decentes de estudo e trabalho”, avalia.

Migrantes e refugiados na UFPR

Entre 2014 e 2018, ingressaram na UFPR 52 estudantes de diferentes nacionalidades que se encontravam na condição de migrantes, com visto humanitário e refugiados. Em 2019, a Universidade teve o primeiro processo seletivo especial para migrantes e refugiados, por meio do qual dez novos alunos ingressaram na instituição.

Além disso, 29 estudantes de oito países foram selecionados pelo edital de reingresso – acesso a vagas remanescentes de cursos de graduação, voltado para migrantes, refugiados e pessoas com visto humanitário que já iniciaram cursos superiores em seus países de origem.

Por Nicolle Schumacher (sob supervisão de Bruna Bertoldi Gonçalves)

Leia mais notícias sobre a extensão na UFPR aqui

Notícias relacionadas:

UFPR viabiliza mutirão de entrevistas com Conare para solicitantes de refúgio

Estudante integrante do PMUB desenvolve projeto com refugiados na Espanha

Intercambistas estrangeiros, reingressos e aprovados no Vestibular especial recebem as boas-vindas na UFPR

UFPR lança campanha “Recomeços são possíveis” para conscientizar sobre acolhimento de estudantes migrantes e refugiados


UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2021 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela AGTIC - Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação da UFPR