Universidade Federal do Paraná

Menu

Ciência e Tecnologia

Programa de rádio da Agência Escola UFPR em parceria com a UniFM ganha novo formato

Superintendência de Comunicação Social     18 de março de 2021 - 17h36

Com dois boletins e uma entrevista semanal, o objetivo do Volume UFPR é divulgar conhecimento de interesse público produzido na Universidade

O Volume UFPR, projeto de áudio produzido pela Agência Escola UFPR, passou por uma reformulação: agora, conta com dois boletins e uma entrevista por semana. O programa possui apoio da Fundação da Universidade Federal do Paraná (Funpar), que administra a emissora UniFM, e seu objetivo é divulgar iniciativas e projetos da Universidade de interesse da população.

Em 2019, o Volume era apenas em formato de entrevista, realizada na sede da emissora. Como conta Elson Faxina, professor do Departamento de Comunicação da UFPR e da Agência Escola, a pandemia incentivou uma mudança na estrutura do programa. Assim, ele passou ao modelo de boletins de cerca de um minuto, explorando trabalhos da Universidade relacionados ao novo coronavírus.

“Trouxemos orientações sobre cuidados básicos contra a Covid-19, além de discussões acerca de saúde mental, organização com a casa, cuidado com as plantas, enfim, temas de interesse agora na pandemia”, afirma ele. Segundo o professor, o rádio é essencialmente popular e torna possível traduzir os conteúdos da Universidade para a população.

A nova proposta do Volume UFPR é aliar os dois formatos e abordar temas diversos. Dessa forma, dois boletins serão produzidos por semana e veiculados durante a programação da UniFM. Já a entrevista irá ao ar às sextas-feiras, às 16h30, com duração de cerca de 20 minutos.

Lucas Daniel de Lima, bolsista da Agência Escola responsável pela produção do programa, ressalta a importância de trazer informações úteis para a população. Além disso, ele reconhece a contribuição do Volume UFPR para seu aprendizado. “Ele tem sido ótimo na minha formação. Toda semana descubro algo novo e vejo o quanto o alcance da Universidade é enorme”, relata.

O retorno dos ouvintes indica que a ciência é conteúdo de interesse popular, de acordo com Jackson Gomes Júnior, gerente da UniFM e gerente de Comunicação da Funpar. “Reforçamos, neste momento de negação da ciência, da injusta desvalorização da universidade pública, o quanto a UFPR é relevante, produtiva, um patrimônio da sociedade”, aponta.

A primeira entrevista do ano será com Andréa Stinghen, professora da UFPR nos cursos de Farmácia e Biomedicina e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Microbiologia, Parasitologia e Patologia da UFPR. O tema discutido será a ineficácia da cloroquina e da ivermectina no combate ao coronavírus. O programa irá ao ar na UniFM nesta sexta (19), às 16h30, e também será transmitido pelo Facebook e pelo streaming de áudio da emissora.

Por Isabela Stanga
Sob supervisão de Chirlei Kohls
Parceria Superintendência de Comunicação e Marketing e Agência Escola de Comunicação Pública UFPR


UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2021 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela AGTIC - Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação da UFPR