Universidade Federal do Paraná

Menu

Ciência e Tecnologia

Programa de pesquisa da UFPR tem 30 mil mudas de pinheiro para a comunidade

Maria de Lurdes Welter Pereira     21 de novembro de 2012 - 11h12

Mudas de pinheiro. Fotografia de Flávio Zanette

O programa da UFPR que desenvolve pesquisas com pinheiros do Paraná tem 30 mil plantas para serem disponibilizadas à comunidade interessada em plantá-los. São mudas cultivadas por detentos, através do convênio com a iniciativa privada e a Penitenciária Central do Estado. As mudas estão na PCE e poderão ser reservadas a partir do próximo dia 22, no Departamento de Fitotecnia e Fitossanitarismo, pelo telefone 3350-5728 das 7 às 11 e das 12 às 15 horas, com Carlos.

Cada muda terá um preço simbólico de R$1,00 para ser repassado à Unidade de Transplante de Fígado do Hospital de Clínicas. No ano passado foram arrecadados cerca de R$10 mil, de acordo com o coordenador da pesquisa, professor Flávio Zanette. As mudas são obtidas do pinheiro Caiová, uma espécie que produz sementes, em média, de 13 gramas, enquanto que o pinheiro comum tem pinhões de oito gramas.

Os pesquisadores estão conseguindo obter esse volume de mudas graças à parceria com a empresa Risotolândia que arca com as despesas de produção como a compra de pinhões e a mão de obra dos internos.

As mudas reservadas serão entregues a partir de dezembro. Pequenas quantidades serão distribuídas no Setor de Ciências Agrárias, Rua dos Funcionários, 1540 e a partir de 500 mudas a entrega será diretamente na Colônia Penal Agrícola.