Universidade Federal do Paraná

Menu

Extensão e Cultura

Professora da UFPR vence desafio internacional de inovação com projeto para o Hospital de Clínicas

Amanda Miranda     10 de agosto de 2020 - 10h42

A professora do departamento de Enfermagem da UFPR, Luciana Schleder Gonçalves, teve seu projeto entre os contemplados no edital internacional de inovação promovido pela European Network of Research and Innovation Centres and Hubs (ENRICH), e terá a possibilidade de pensar em uma nova solução de software com o objetivo de melhorar a gestão de altas hospitalares. A proposta envolve a busca de soluções inovadoras que poderão ser utilizadas no Hospital de Clínicas da universidade, particularmente no contato com os pacientes que recebem alta ou utilizam os serviços ambulatoriais oferecidos pelo HC.

A ideia tornou-se ainda mais pertinente por conta da pandemia, considerando que o ambiente hospitalar, atualmente, só deve ser acessado por quem realmente tem urgência em ser atendido. O desafio ENRICH buscou propostas nas áreas de Turismo e Lazer, Tecnologias Digitais e Desenvolvimento Sustentável. Seu objetivo é contribuir com organizações e empresas sem fins lucrativos e oferecer um serviço exclusivo, com soluções personalizadas. Segundo Luciana, o projeto já havia sido submetido a editais de fomento no Brasil, mas não chegou a ser contemplado.

“O projeto vem de uma parceria com a professora Elizabeth Bernardino, Chefe da Divisão de Cuidados do Hospital e pretende se aliar às iniciativas já existentes de gestão de altas, para que o paciente possa ter o cuidado também quando não está no hospital”, contextualiza Luciana. Os critérios que garantiram a conquista levavam em conta, além da inovação e da possibilidade de se encontrar uma solução para o problema, a sua importância, urgência a escala em que se pretende atuar.

Nova solução de software terá o objetivo de melhorar a gestão de altas hospitalares (Foto: Engin Akyurt por Pixabay)

Agora, a proposta será apresentada para pesquisadores da Europa, por meio de uma plataforma intermediária que irá levar os três contemplados do Brasil a conhecerem possíveis fornecedores de soluções. De acordo com a professora, a pandemia de covid-19 acelerou a necessidade de se pensar em iniciativas para a gestão dos pacientes à distância, chamada também de telessaúde.

Ainda segundo ela, a proposta atende uma necessidade urgente de se desenvolver inovações tecnológicas para a gestão de serviços de saúde que contribuam diretamente para um atendimento organizado aos pacientes com suspeita e diagnosticados com covid-19 encaminhados a hospitais de referência, bem como àqueles em demanda reprimida ou alta hospitalar.

Conforme Luciana, a centralização das ações já realizadas em um sistema de informação que apoie a decisão dos profissionais para a gestão de altas irá contribuir para o enfrentamento das consequências da pandemia. “Esta proposta foi inscrita no desafio para melhorar todo esse sistema de informações que gere os pacientes que têm alta ou que usam o serviço ambulatorial e precisam ser acompanhados”, reforça Luciana.

Saiba tudo sobre as ações da UFPR relacionadas ao coronavírus


UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2020 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela AGTIC - Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação da UFPR