Universidade Federal do Paraná

Menu

+ UFPR

Professor Carlos María Cárcova recebe título de Doutor Honoris Causa da UFPR

Superintendência de Comunicação Social     18 de junho de 2019 - 19h12

Professor emérito da Universidade de Buenos Aires, Carlos María Cárcova recebeu o título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Paraná (UFPR) nesta segunda-feira (17). O reconhecimento foi concedido pelo Conselho Universitário da UFPR durante sessão pública e solene convocada para outorga do título ao professor, que nasceu em Buenos Aires. Doutor Honoris Causa é a distinção máxima outorgada por uma universidade a pessoas destacadas por seu prestígio social ou reconhecida contribuição científica, intelectual, acadêmica, cultural ou artística.

A mesa de honra da solenidade foi composta pelo reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca; pela vice-reitora da Universidade, Graciela Bolzón de Muniz; pela diretora do Setor de Ciências Jurídicas da UFPR, Vera Karam de Chueiri; e pela vice-diretora do Setor de Ciências Jurídicas da Universidade, Maria Cândida Pires Vieira do Amaral Kroetz.

Professor emérito da Universidade de Buenos Aires, Carlos María Cárcova recebeu o título de Doutor Honoris Causa em sessão pública e solene do Conselho Universitário da UFPR. Foto: Leonardo Bettinelli/Sucom-UFPR

Professor emérito da Universidade de Buenos Aires, Carlos María Cárcova recebeu o título de Doutor Honoris Causa em sessão pública e solene do Conselho Universitário da UFPR. Foto: Leonardo Bettinelli/Sucom-UFPR

O reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca, destaca que o professor Cárcova teve um diálogo e uma contribuição valiosa para cada passo da internacionalização do Programa de Pós-graduação em Direito da Universidade e para a formação de estudantes e professores. “Esse reconhecimento é justíssimo, que é com toda alegria que a Universidade Federal do Paraná faz”.

Para diretora do Setor de Ciências Jurídicas da UFPR, Vera Karam de Chueiri, é o reconhecimento de um jurista, de um professor e de um advogado que tem um pensamento crítico do Direito que colaborou para a consolidação do Programa de Pós-graduação em Direito da UFPR. “Ele circulou por várias universidades brasileiras, mas foi na UFPR que aprofundou seus passos e reverberou mais seu pensamento”.

Para o professor titular aposentado de Direito Processual Penal da UFPR Jacinto Nelson de Miranda Coutinho, que fez o discurso de homenagem, a outorga do título ao professor Cárcova é importante por várias razões. “Mas quem sabe é o reconhecimento que esta universidade federal não está de costas para a América Latina e assim reconhece seus filhos pela importância que têm no mundo todo. Isso nos dias atuais de pensamento único é um sinal de grandeza”.

“As palavras ficam curtas para expressar em poucos minutos tudo que gostaria de agradecer e expressar a honra que para mim significa este reconhecimento”, disse o professor Cárcova após receber o título. Graduado em Direito em 1967, Cárcova tornou-se assistente da Cátedra de Filosofia do Direito (1968), professor adjunto (1973), doutor em Direito (1997), professor titular (1998), doutor do Instituto de Investigaciones Ambrosio L. Gioja (2002) e professor Emérito da Universidade de Buenos Aires (2011).