Universidade Federal do Paraná

Menu

Extensão e Cultura

PROEC promoverá caravana aos setores da UFPR para reunir informações para o Plano Institucional de Cultura

Aline Fernandes França     12 de junho de 2018 - 16h16

A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura divulga no próximo dia 21 o calendário de atividades programadas para envolver todos os setores da UFPR na construção do Plano Institucional de Cultura (PIC). A ideia é realizar um dia inteiro de atividades em cada campi e setor da UFPR, para conhecer o cenário cultural de cada um e reunir contribuições para o PIC. O Plano estabelecerá diretrizes de atuação na área cultural para as comunidades acadêmica e externa, para os próximos dez anos.

O PIC parte da premissa de garantir condições para o fortalecimento e comprometimento com a cultura, a educação e os direitos humanos.

As motivações que orientam a realização do PIC integram o Plano de Desenvolvimento Institucional da UFPR, desde 2016. Já o levantamento situacional da cultura dentro da universidade, começado em 2017, conduz o diagnóstico sobre a estrutura administrativa da cultura; orçamento; ensino, pesquisa e extensão; patrimônio cultural; gestão participativa. Este, entre outras ações, norteará uma grande amostragem do que é cultura entre nós.

“Em algumas bases de dados e documentos históricos já avançamos, retomando como a cultura foi sendo desenvolvida dentro da Federal. A partir de agora iniciaremos o segundo grande momento que é a ida aos setores”, explica o pró-reitor Leandro Gorsdorf.

No intuito de divulgar, comunicar e sensibilizar a construção das propostas que comporão esse documento será apresentado à comunidade acadêmica, no próximo dia 21, no Departamento de Artes, um vídeo institucional sobre a cultura na UFPR, o pré-site do PIC e o planejamento de atividades da Caravana PIC. Essa ultima é o nome dado ao conjunto de atividades de visitas ao cenário cultural dos setores e dos campi da UFPR com previsão de continuidade no segundo semestre de 2018. “Realizaremos um dia inteiro de atividades em todos os campi e setores, serão 11 no total. Teremos um momento para o levantamento, em que conheceremos as atividades artísticas já existentes e, ao final, realizaremos uma plenária geral com estudantes, docentes e servidores técnico-administrativos para escutar o que eles pensam para o futuro da cultura”, conta Gorsdorf.

Além do mapeamento nos setores, a proposta do PIC abrange a mobilização sobre o que é cultura e a reflexão de um prognóstico para definição de estratégias, metas e ações.

“Entendemos que a UFPR é um grande e importante agente cultural dentro do cenário paranaense. Queremos construir o fortalecimento da área de cultura dentro da universidade, no sentido de reconhecimento de que é importante para a formação dos estudantes, na vida e bem-estar de técnicos e docentes, e para a cultura da universidade como um todo”, afirma o pró-reitor.

Referências e Expectativas

Três referências marcam a construção do PIC: a Convenção sobre Proteção e Promoção da Diversidade das Expressões Culturais, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO); a Política Nacional de Cultura (PNC) e o Plano Nacional de Educação (PNE).

De acordo com o pró-reitor, “o PIC também será oportunidade para divulgar o que nos mobiliza na PROEC, já que parte da comunidade não conhece as atividades desenvolvidas nos museus, teatros e as criações artísticas dos grupos, toda uma produção cultural ofertada e desenvolvida nessa instituição”.

A perspectiva é que, em 2019, essa iniciativa plurianual seja submetida ao Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da Universidade Federal do Paraná.

É preciso reconhecer a importância do movimento, para provocar uma ampla adesão que garanta a qualidade ações culturais realizadas.

“Precisamos conhecer os gostos e práticas culturais da nossa comunidade acadêmica e o acesso a essa cultura. Por meio do diagnóstico do PIC, poderemos articular ações estratégicas específicas para o universo de alunos que se interessa por música, escrita, e a assim por diante. Teremos mais laços criados pela cultura”, avalia o docente Leandro Gorsdorf.

Formar um espaço para discutir cultura pode ser meta importante deste plano, no qual a comunidade externa também deverá participar, por meio de uma audiência pública, para dizer o que espera da universidade na área cultural.

Programação

O lançamento do calendário de atividades do PIC, do pré-site e do vídeo institucional acontecerá no dia 21 de junho, às 19h.

A programação será realizada no Departamento de Artes da UFPR e contará com performances.