Universidade Federal do Paraná

Menu

+ UFPR

PRAE vai aprimorar sistema de gerenciamento de bolsas, acolhimento e apoio psicossocial  aos estudantes

Superintendência de Comunicação Social     20 de abril de 2018 - 17h29

A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) vai aprimorar o sistema de gerenciamento de bolsas, o acolhimento estudantil e o apoio psicossocial aos alunos da UFPR. A pró-reitora, Maria Rita de Assis César, explica que isto será feito por meio de várias ações, que objetivam tornar a unidade mais eficaz no atendimento aos discentes, de acordo com posicionamento definido desde o início da atual gestão.

Uma das ações será a reorganização dos espaços da PRAE, possivelmente ainda no primeiro semestre do ano. A unidade central, no edifício D. Pedro II, deverá ser deslocada para outro espaço, possibilitando a integração dos diferentes profissionais (pedagogos, psicólogos e assistentes sociais), garantindo melhor atendimento aos estudantes. “A intenção é que todos trabalhem juntos para que possamos fazer a integração dos serviços de acolhimento”, explica Maria Rita.

Esta mudança tem relação direta com o aprimoramento dos serviços eletrônicos de gerenciamento de bolsas – desenvolvido pelo Centro de Computação Eletrônica (CCE) – e de acolhimento dos estudantes. “Na medida em que o aluno tiver seu cadastro deferido e passar a ser beneficiário do Probem ou de qualquer outro programa oferecido pela PRAE, ele será incluído neste sistema”, diz.

Reforma na unidade do Politécnico

A PRAE tem unidades para o atendimento psicossocial dos alunos em Curitiba e nos campus de Jandaia do Sul e de Palotina (que atendem também aos estudantes de Toledo, onde funciona o curso de Medicina). Ligadas a Curitiba, a pró-reitoria tem ainda uma extensão no campus do Centro Politécnico (próxima do restaurante universitário, onde um assistente social e uma servidora administrativa atuam pela manhã) e outra no Centro de Estudos do Mar (CEM), que atua em Pontal do Paraná e em Mirassol, no Litoral do Estado.

A unidade do Politécnico será reformada, possivelmente até agosto, para ampliar o atendimento à demanda e otimizar suas atividades. “Temos um projeto que prevê a instalação de dois consultórios na parte de cima (no mezanino) e um espaço para cursos, oficinas e o atendimento administrativo”, explica. Isto será feito seguindo um calendário, que será divulgado o mais rapidamente possível, em todos os veículos de comunicação e redes sociais da UFPR.

“Durante as obras, vamos ter um calendário de apoio aos alunos. Os profissionais que trabalham lá vão atuar em um sistema de rodízio. Vamos adotar um esquema que possibilitará que mesmo o Gabinete da PRAE ou a Coordenação de Apoio às Entidades Estudantis estejam lá, em determinados horários”, conclui.