Universidade Federal do Paraná

Menu

Ciência e Tecnologia

Pesquisadora da UFPR disponibiliza materiais sobre William Shakespeare para acesso ao público

Superintendência de Comunicação Social     27 de maio de 2019 - 14h53

Mesmo quem ainda não assistiu ou leu William Shakespeare tem a oportunidade de descobrir o autor com acesso gratuito a materiais no www.shakespearedigitalbrasil.com.br. O conteúdo é organizado pela professora Liana Leão, do Departamento de Letras Estrangeiras Modernas da Universidade Federal do Paraná (UFPR), que pesquisa Shakespeare há 20 anos. O site disponibiliza 69 vídeos com trechos das peças shakespearianas interpretados por atores como Fernanda Montenegro, Miguel Falabella, Thiago Lacerda, Maitê Proença, Vera Holtz, Marcello Antony, Diogo Vilela, Cláudio Fontana, Gustavo Gasparani, Eduardo Semerjian, Charles Fricks e Veronica Reis. No YouTube, em maio deste ano, os 92 vídeos do canal Shakespeare Brasil – UFPR somavam um total de cerca de 450 mil visualizações.

Nos vídeos, professores e diretores de instituições nacionais e internacionais também comentam a obra de Shakespeare e o diálogo com outros escritores, e estudantes realizam trabalhos sobre o autor. As gravações foram feitas em parceria com a UFPR TV. O público também pode acessar um livro, artigos e trechos de livros sobre Shakespeare, além de podcasts e outros materiais sobre o autor. O site organizado pela professora da UFPR tem parceria com o projeto Global Shakespeares, portal do Massachusetts Institute of Technology (MIT), dos Estados Unidos.

Professora da UFPR, Liana Leão pesquisa Shakespeare há 20 anos e busca fazer com que os resultados cheguem para o público em geral. Foto: Nicolle Schumacher/Sucom-UFPR

Liana conta que durante as pesquisas sobre Shakespeare na UFPR sentiu necessidade de extrapolar o âmbito acadêmico e ir para a sociedade. “Eu desenvolvo a pesquisa e depois faço uma espécie de tradução numa linguagem sem jargão acadêmico para a comunidade. Quero que a pesquisa chegue de alguma forma para o público em geral”, diz.

Do outro lado, no mundo teatral, o ator Gustavo Gasparani concorda com o acesso a Shakespeare possibilitado pelo projeto. “Acho que a discussão é acadêmica com vários países, mas chega no artístico, cultural e social, que têm acesso a esse conhecimento. Os espetáculos estão sendo atravessados por esse estudo todo, clareando a discussão a respeito das peças”, diz.

De acordo com a professora Liana, Shakespeare escreveu para um público amplo a partir da observação do comportamento humano, ignorando a questão das classes sociais. Assim como Shakespeare, ela pretende levar a obra ao alcance de todos, sem elitizar o autor, confirmando que: “ele escreveu uma obra que permaneceu no tempo”.

Para o projeto da professora da UFPR, a atriz Fernanda Montenegro interpreta a personagem shakespeariana Cleópatra – clique na imagem e assista ao vídeo. Imagem: Divulgação

Para o projeto da professora da UFPR, a atriz Fernanda Montenegro interpreta a personagem shakespeariana Cleópatra – clique na imagem e assista ao vídeo. Imagem: Divulgação

No momento, Liana pesquisa como William Shakespeare se tornou o que conhecemos hoje, 403 anos após sua morte. O objetivo do estudo é trazer ao conhecimento do público a importância do século 18 no mundo da edição, da crítica literária, do teatro e da popularização de Shakespeare como um nome maior da literatura de língua inglesa.

Por Chirlei Kohls
Parceria Superintendência de Comunicação e Marketing (Sucom) e Agência Escola de Comunicação Pública e Divulgação Científica e Cultural da UFPR


UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2019 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR