Universidade Federal do Paraná

Menu

Ciência e Tecnologia

Pesquisa da UFPR busca compreender comportamento social e sua influência na pandemia de covid-19

Amanda Miranda     15 de julho de 2020 - 9h35

Enquanto o número de casos registrados e de mortes por covid-19 segue avançando no Brasil, uma pesquisa realizada por uma equipe da Universidade Federal do Paraná (UFPR) tenta enxergar a pandemia com uma lupa diferente: a do comportamento social e da compreensão da população sobre os impactos das medidas de distanciamento na contenção da doença. O trabalho, desenvolvido pelas professoras do Setor de Ciências da Saúde e do Grupo de Pesquisa em Sociologia da Saúde, Rubia Carla Formighieri Giordani e Milene Zanoni e pela pesquisadora Camila Muhl, coleta dados de todo o país por meio de um questionário (responda aqui).

Em uma semana, o grupo coletou mais de sete mil respostas em todas as regiões do Brasil, com variações de escolaridade e estrato social. A hipótese, segundo explica Rubia, é de que a percepção de risco relacionada à doença interfira no comportamento social durante a pandemia e nas medidas de contenção adotadas como políticas públicas.

O estudo também acompanha um momento bastante peculiar, de agravamento do cenário brasileiro, propondo-se a investigar as crenças de saúde e percepções de risco que condicionam o comportamento social. “O comportamento é regido por normas e sistemas sociais e culturais extremamente complexos e a sua compreensão para a extração de fatores pragmáticos pode ser útil para gestores públicos na abordagem adequada de aspectos críticos no controle da epidemia”, explica. A pesquisadora destaca que a intenção é verificar o nível de conhecimento sobre a COVID-19 e adesão às medidas de prevenção à infecção.

 

Foto: Pixabay

Um fator de interesse está ligado justamente ao formato do questionário: por ser online e fornecer respostas em tempo real, é possível contrastar a variação das percepções com o cenário epidêmico em cada uma das regiões. A interiorização da doença, que cada vez mais se espalha por cidades de pequeno e médio porte, também fica registrada a partir do que os cidadãos indicam como respostas. O questionário está dividido em três eixos: modelos de crença, escala do medo e nível de informação e conhecimento sobre o contágio e a doença.

“Esta combinação entre informação, percepção e medo proposta pelo questionário tem o objetivo de coletar dados capazes de fornecer evidências para o planejamento de ações em saúde”, explica a professora. “São as medidas individuais, domésticas, comunitárias e ambientais que tem sido empregadas na contenção da pandemia”, aponta, citando a questão do distanciamento e outras estratégicas não farmacológicas como parte desse contexto.

“Mas precisamos destacar que essas estratégias dependem substancialmente da adesão das pessoas e da mudança de comportamento para conter a disseminação da infecção”, reforça Rubia. A pesquisadora avalia que as informações levantadas pelo estudo podem orientar decisões políticas mais coordenadas com base em evidências científicas, bem como direcionar campanhas de cuidados preventivos e mensagens de campanhas de saúde.

Por conta dessas peculiaridades, o estudo contém questões que buscam informações sociodemográficas, estado da federação e tamanho da cidade em que os respondentes residem, além do nível de escolaridade, tipo de ocupação e renda familiar, prática/identificação religiosa e habitabilidade, incluindo tamanho do domicílio, quantas pessoas co-habitam e se a casa possui morador com comorbidade para agravamento da  infecção, além de criança, idoso ou profissional da saúde no domicílio.  Os resultados serão analisados por meio da estatística e da teoria em Sociologia da Saúde.

PARTICIPE DA PESQUISA

Caso tenha interesse, você pode participar usando o link abaixo. Você vai demorar entre 4 e 8 minutos.

 

Saiba tudo sobre as ações da UFPR relacionadas ao coronavírus

___________________________________________________________________________________

Com release de Rosselane Giordani


UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2020 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela AGTIC - Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação da UFPR