Universidade Federal do Paraná

Menu

+ UFPR

Setor de Ciências Biológicas emite nota em apoio aos professores do Paraná

Superintendência de Comunicação Social     30 de abril de 2015 - 17h40

“Os servidores públicos do Estado do Paraná foram vilipendiados no dia 29 de abril de 2015, tratados de forma completamente inadmissível e absurda que desconhece as condições de um estado democrático de direito. O ataque às pessoas com balas de borracha, bombas de efeito moral (jogadas, inclusive, de helicópteros) e gás pimenta demonstra a total falta de consideração com o estado de direito e de livre expressão. Inibir uma manifestação democrática dessa forma é um ato de covardia.

O governador do Estado, Beto Richa e a Assembleia Legislativa demonstraram total falta de consideração e de capacidade de diálogo para que acordos sejam feitos de forma tranquila e pacífica.

Foram lembrados, nesse dia 29, os piores momentos de nosso país quando, vivendo sob o regime militar, tivemos por anos nosso direito de expressão cerceados pela violência.

O Conselho Setorial do Setor de Ciências Biológicas da UFPR manifesta seu apoio irrestrito aos servidores públicos do Estado do Paraná em suas lutas por garantias de direitos constitucionais, especialmente os professores, que compôs a maior parte dos manifestantes que tentaram impedir que o governo do Estado aprovasse medida que dilapida o patrimônio previdenciário para cobrir dívidas geradas por improbidade administrativa.

O Conselho Setorial repudia os atos de violência praticados pela Polícia Militar do Estado do Paraná, sob o comando do governador Beto Richa, contra os servidores públicos que se manifestavam na Praça Nossa Senhora de Salete, em Curitiba, no dia 29 de abril de 2015 e pede que os responsáveis por tais atos sejam punidos de forma justa e coerente com as necessidades de um estado democrático.

O Conselho Setorial também expressa total apoio aos policiais militares que foram presos por se recusarem a participar das agressões cometidas aos servidores que se manifestavam.”