Universidade Federal do Paraná

Menu

Ciência e Tecnologia

Livro sobre marxismo de professores da UFPR ganha prêmio nacional

Superintendência de Comunicação Social     19 de novembro de 2012 - 10h33

O livro “Marxismo como Ciência Social”, dos professores Adriano Codato e Renato Perissinotto, da Universidade Federal do Paraná, foi considerado a melhor obra científica de 2012, pela Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Ciências Sociais.

O livro faz parte da Série Pesquisa e foi publicado pela Editora UFPR no final de 2011, reunindo as reflexões dos autores sobre a relevância do marxismo para compreensão da sociedade no final do século XX. De acordo com o professor Adriano Codato, a intenção inicial era propor possíveis abordagens do marxismo em pesquisas sociais aplicadas.

Os professores, que fazem parte do Departamento de Ciências Sociais e do mestrado em Ciência Política da UFPR, foram surpreendidos pelo prêmio. Segundo Perissinotto, a ideia não foi publicar um livro excessivamente teórico, mas que também fugisse do formato de texto para consulta dos cursos de graduação em Ciências Sociais. “Se conseguirmos estimular novos pesquisadores a usarem os conceitos marxistas para uma análise contemporânea da sociedade e da política, teremos cumprido nosso objetivo”, acrescenta. O prêmio foi entregue a eles pelo presidente da Anpocs, professor Marcos Costa Lima, durante encontro anual da Associação, no final de outubro, em Águas de Lindóia, interior de São Paulo.

O livro pode ser comprado diretamente na Editora UFPR (www.editora.ufpr.br) ao preço de R$42,00.