Universidade Federal do Paraná

Menu

Últimas notícias...

    Nenhuma notícia nesta categoria!


Histórico de notícias

Leia trechos das obras finalistas do I Concurso Literário da Editora da UFPR

Camille Bropp     31 de julho de 2018 - 12h31

o bloco em meio ao caos

era carnaval.
ventava
árvores arrancadas
ao chão.
um bloco em meio ao caos.
e às três da madrugada
de um natal
(lembrança que cabe ao poema)
ouvi certa vez
uma banca de flores
(se fosse de jornal
seria uma rima
não uma verdade)
espraiar Edith Piaf
à chuva suspensa.

o céu como exemplo

vê o céu que se sustenta.
aprende, a cada dia
com o sol que gira, a não desabar.
desde aqui, ao rés do chão que piso
até o distante horizonte mar
como se aguenta, espraiado
sem se esfacelar?

poema do Iguaçu

a meus pés
uma das pontas
(afiadas pontas)
desses oito milhões de
quilômetros quadrados
e uma pretensa nação

desunificada.

o rio, com pás
submersas
amola e cega
ao mesmo tempo.

este rio incauto
prestes
a encachoeirar-se
(suicídio de placidez):
o Iguaçu.

e além do rio
argentina:
(tão verde)
espantada
como nós
em ver o rio
(Iguazu)
que não sabe
dessas nacionalidades.

pequena oração



perdoai-me, ó
ser de Perdão inconhecido
pois eu
-– pobre poeta! -–
não aprendi
a me deitar com o tempo
e esperar amanhãseres.

apenas

na fronteira do dia
onde a tarde se abisma
em puro púrpura

apenas

a mudez

(Poemas retirados de “Itinerários”, de Thássio Ferreira)

***

Canção da Diáspora

Meu terreiro tem gameleiras,
onde pousa Oxorongá.
As aves que aqui gorjeiam
são filhas do Apaoká,
esposas do dendezeiro,
herdeiras do Baobá.
Nem aves são: são luzeiro
no ventre escuro do igbá.

Em cismar à noite só,
encontro-as, Eleyé,
entre os seus galhos e escuto.
Gralham: Irôko Kissilé!
(Har)piam: Irôko Isô!
Prestam antigo tributo
de sangue, de seiva, de luto,
ao tronco tataravô.

(…)

(Trecho de poema de “Nverso”, de Thiago Hoshino)

***

Mentira cirúrgica

Na surdina
Noturnamente
Mãos no barro
Deus cria Eva

Mente
Que foi de
Costela

(Trecho de poema retirado de “Eva-proto-poeta”, de Adriane Garcia Pereira)


Outras notícias

UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2019 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR