Universidade Federal do Paraná

Menu

+ UFPR

Homenageados do Aniversário de 107 anos da UFPR: Libras é destaque em Inclusão e Direitos Humanos

Superintendência de Comunicação Social     11 de dezembro de 2019 - 10h00

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) comemora 107 anos com memórias e histórias de milhares de acadêmicos, servidores técnico-administrativos e professores. Estas histórias são motivos de orgulho, pois representam trajetórias de dedicação, determinação e amor ao ensino, pesquisa e extensão. Estas conquistas serão representadas por homens, mulheres  e projetos que se destacaram e, por isso, serão homenageados pela universidade no dia em que a instituição mais antiga do país celebra o seu aniversário.

Inclusão e Direitos Humanos

O respeito às diferenças linguístico-culturais das pessoas surdas e o seu direito à acessibilidade linguística em todos os espaços da universidade fazem parte da luta constante dos professores, técnicos e acadêmicos do curso de Letras Libras – Língua Brasileira de Sinais, que será homenageado na solenidade de aniversário da UFPR, nesta quarta-feira (11), a partir das 19h, no Teatro da Reitoria. 

O curso formou sua primeira turma de graduação em fevereiro de 2019, com 14 agora egressos recebendo o diploma e registrando os seus nomes na história da instituição. Representados pela vice-coordenadora, Daiane Ferreira,e  pelo acadêmico Eduardo Tótoli de Oliveira, os homenageados irão celebrar “não apenas a formação de professores de língua brasileira de sinais por meio do ensino superior gratuito e de qualidade, mas também um espaço de difusão e exercício dessa língua”, conforme destaca o coordenador, Andre Nogueira Xavier.

O curso de Letras Libras foi criado em 2015 na UFPR e é um dos poucos no Brasil ofertado em universidade pública. Foto: Sucom-UFPR

O curso de Letras Libras foi criado em 2015 na UFPR e é um dos poucos no Brasil ofertado em universidade pública. Foto: Sucom-UFPR

O professor lembra que a criação do curso, em 2015,  representa uma valiosa conquista para a comunidade surda paranaense e para todos aqueles interessados em sua língua e cultura. “Nosso curso vem oportunizando não apenas a formação de professores de língua brasileira de sinais por meio do ensino superior gratuito e de qualidade, mas também um espaço de difusão e exercício dessa língua”, comenta.

Os desafios, segundo ele, são muitos, mas o empenho dos docentes, técnicos e discentes deu origem a um projeto repleto de êxitos nesta fase de consolidação. Além da formatura da primeira turma, há pelos menos outros dois indicativos desta conquista:  a nota máxima obtida na avaliação de reconhecimento do curso pelo MEC e a aprovação de três de ex-alunos em programas de pós-graduação da UFPR.

Saiba mais sobre o cursos de Libras

Conheça os homenageados e homenageadas