Universidade Federal do Paraná

Menu

Ciência e Tecnologia

Gestão da Água e Defesa Nacional são temas de debate na Assembleia Legislativa

Simone Meirelles     26 de novembro de 2019 - 11h40

“Água – Defesa do Brasil e do Paraná” esse é o tema de seminário que será realizado na Assembleia Legislativa do Paraná, no próximo dia 27, reunindo especialistas, interessados e militares – entre eles, o Comandante da 5ª Divisão do Exército, Gen. Carlos José Russo Assumpção Penteado, o ex-ministro da Defesa e atual diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Gen. Joaquim Silva e Luna, e o professor da UFPR Francisco de Campos Carvalho.

O Brasil – entendem os especialistas – possui o maior potencial hídrico do mundo, suas reservas abrangendo um quinto das reservas mundiais. No entanto, o Nordeste e áreas sensíveis da Amazônia merecem atenção e oferecem grandes oportunidades para atividade econômica – na agricultura e no agronegócio.

Programação – O primeiro painel intitulado “ÁGUA E DEFESA DO BRASIL”, contará com as presenças do Cel. Flavio Marcondes Junior, para falar do “SISFRON – Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras”; do Comandante da 5ª Divisão do Exército, Gen. Carlos José Russo Assumpção Penteado, que tratará “A Questão Amazônia”; do Cel. Laurindo Pereira da Silva para falar da “Transposição do Rio São Francisco” e, do professor da UFPR Francisco José Pereira de Campos Carvalho para abordar o tema “Macrogerenciamento Sistemas de Alta Complexidade”.

O segundo painel intitulado “ÁGUA E PARANÁ RUMO À TERCEIRA ECONOMIA”, contará com as presenças do superintendente da Ocepar, Robson Mafioletti que vai abordar o tema “Regularização Hídrica e a Agricultura Paranaense”; do engenheiro Celso Romero Kloss da Universidade Livre do Meio Ambiente, que debaterá sobre o “Desenvolvimento do Paraná”. E o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, general Joaquim Silva e Luna irá palestrar sobre a “Economia do Oeste do Paraná”.

O debate tem apoio da Universidade Federal do Paraná, da UniLivre, do Movimento Pró-Paraná e do Centro de Estudos Brasileiros do Paraná, entre outras entidades.

(fonte: Agência de Notícias Alep-PR)