Universidade Federal do Paraná

Menu

Extensão e Cultura

GEPLEC oferece tarde de brincadeiras na Praça em Antonina

Superintendência de Comunicação Social     16 de julho de 2018 - 17h21

O público que passar pela praça Coronel Macedo até o dia 21 de julho poderá conferir as atividades do Grupo de Estudos e Pesquisas em Espaço, Lazer e Cidade (GEPLEC). O projeto “Vem Brincar na Praça” traz várias brincadeiras durante as tardes, integrando a programação do Festival de Inverno da UFPR.

“Esse hit é chiclete na sua mente vai ficar: brinco, brinco, brinco sem parar”. Esse é um trecho da música adaptada para o início das atividades do GEPLEC na Praça. Diariamente as brincadeiras mudam, e as mais procuradas serão repetidas no último dia do Festival, 21.

O GEPLEC é composto por 22 estudantes do curso de Educação Física da Universidade Federal do Paraná que buscam incentivar práticas corporais e de lazer, de forma criativa, lúdica e transformadora nos espaços. O grupo existe há dez anos e é supervisionado pela professora Simone Rechia. “A proposta é de intervenção. A praça é um local democrático e trazer o lazer para ela acaba sendo uma forma de apropriação”.

O grupo compõe a programação do Festival desde seu início, e este ano investe em novas metodologias. Entre as novidades estão as oficinas de jogos afro e contação de histórias, no colégio Brasílio Machado, ao lado da Praça. As tradicionais brincadeiras – como corda, balões de água e dança – continuam fazendo parte do programa.

As áreas de ensino transitam entre físico/esportivo, manual, artístico e social. Essa última visa integrar os familiares na cultura do brincar, investindo num ‘brincar’ para todas as idades. Samanta Rodrigues, mãe da pequena Maria Fernanda, apoia a iniciativa. “Os pais precisam se integrar na diversão. Faz bem para os dois lados” afirma.

As crianças podem escolher em qual área querem brincar e trocar sempre que quiserem. Além de muita diversão, o projeto oferece uma desmistificação da atuação da criança, como explica Simone. “As atividades mostram que a criança usa todo o corpo para agir, quebrando a ideia de que a criança fica passiva”.

O mestrando Bruno Neca faz parte do GEPLEC há quatro anos e conta que a iniciativa é importante para a própria formação dos graduandos, visto que os futuros educadores físicos lidam diretamente com as crianças durante a estadia no Festival. “É a própria extensão. Vemos a teoria ganhando forma nos espaços que montamos aqui [na Praça] e no decorrer da atividade”.

O projeto é considerado um sucesso. Cerca de 800 crianças participaram das atividades na última edição do Festival e, em 2018, a organização acredita que o clima de verão fora de época traga um público maior para a Praça.

Oficina de Catavento

Foto: Nicolle Schumacher

O primeiro dia de brincadeiras com a GEPLEC teve uma atração especial. Um dos espaços ofereceu uma oficina de catavento, o símbolo do 28° Festival de Inverno da UFPR.

O objeto faz alusão ao movimento, integração e difusão principalmente da arte e da cultura. Na oficina, as crianças puderam confeccionar o próprio catavento e outro para deixar no gramado da praça. A ideia é montar um grande “canteiro de cataventos” no final da semana, unindo a produção dos pequenos.

Serviço
“Vem Brincar na Praça”
Data: até 21 de julho
Horário: 14:00 às 17:00
Local: Praça Coronel Macedo – Antonina, PR
Gratuito

Larissa Nicolosi, com supervisão de Aline França