Universidade Federal do Paraná

Menu

Extensão e Cultura

Exposição sobre porta-bandeiras de Curitiba integra programação do mês da Consciência Negra na UFPR

Bruna Bertoldi Gonçalves     8 de novembro de 2019 - 17h57

A exposição “A saia que gira – cartografando o feminino negro nas porta-bandeiras de Curitiba” segue até o dia 19 de novembro no hall de entrada do Prédio Histórico da UFPR, na Praça Santos Andrade. O projeto, exposto em pontos turísticos de Curitiba, compõe a programação do mês da Consciência Negra na Universidade. De 20 a 31 de novembro, a mostra será realizada no hall de entrada do Campus Rebouças.

A exposição no Prédio Histórico da UFPR segue até o dia 19 novembro. Fotos: Marcos Solivan/Sucom-UFPR

O projeto para estudar as porta-bandeiras negras da cidade – viabilizado por meio de edital do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba – contou com a colaboração das professoras do Departamento de Educação da UFPR, Cláudia Madruga Cunha e Lucimar Rosa Dias. Integrantes de grupos de pesquisa da instituição que tratam das questões raciais, de gênero, colonização e da valorização dos saberes locais também contribuíram.

“Fomos em alguns ensaios das escolas de samba, mas só havia uma escola que tinha as duas porta-bandeiras negras: a Mocidade Azul. A Thais e a Fernanda prontamente aceitaram e nos colocaram nos ensaios até particulares da escola. A ideia da mostra é mostrar que existe, sim, samba em Curitiba, uma cidade que se pretende europeia. Além de existir, ele é protagonizado por mulheres negras. É uma função muito importante: é a que abre o desfile, leva a bandeira, é a que tem nota”, afirma a produtora e idealizadora do evento, Aline Di Giuseppe. 

As porta-bandeiras da Mocidade Azul, Fernanda Khrystine Souza Barbosa e Thais Darós Fernandes, receberam destaque na mostra que integra a programação da UFPR para reflexão sobre a consciência negra.

“As fotos estão no Jardim Botânico, na Praça Zumbi dos Palmares, na Rua São Francisco. A ideia é esse deslocamento: uma paisagem europeia com uma mulher negra, para mostrar que existem, sim, mulheres negras que protagonizam samba em Curitiba”, reforça a produtora.

Neste mês, a Universidade promove uma série de ações artístico-culturais nos diversos campi para discutir temas relacionados à consciência negra. No Brasil, o Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro. 

Confira a programação completa aqui.


UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2020 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela AGTIC - Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação da UFPR