Universidade Federal do Paraná

Menu

Extensão e Cultura

Evento aborda arte indígena contemporânea nesta quarta-feira (10)

Superintendência de Comunicação Social     8 de abril de 2019 - 12h03

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) e o Museu Paranaense promovem nesta quarta-feira (10) o evento “Arte indígena contemporânea em foco”, com a proposta de debater e apresentar a estética e poética ameríndia. A programação tem início às 14 horas e segue até as 21 horas, com mesa-redonda, sarau poético, exposição de arte e exibição de filme. O evento é gratuito e as inscrições estão abertas.

A professora Ana Elisa de Castro Freitas, coordenadora do Grupo PET Litoral Indígena (UFPR) e idealizadora do evento, explica que essa é uma introdução ao campo da arte indígena contemporânea. Reunidos em mesa-redonda, explica, pesquisadores e estudantes indígenas apresentam e apreciam obras e performances de artistas indígenas contemporâneos, analisando sua atuação em contextos artísticos, culturais, sociais, ambientais e políticos da atualidade. “Temas como autoria, poética, agência, corpo, processos de criação, materiais, conceitos e ambientes de circulação da arte indígena contemporânea são abordados na comunicação”, destaca Ana Elisa.

O Grupo PET Litoral Indígena reúne 12 bolsistas pertencentes a diversas etnias indígenas e regularmente matriculados em vários cursos de graduação da UFPR.

Programação

Às 14 horas, será formada a roda de prosa dialogada, em que os palestrantes apresentam imagens, audições e audiovisuais relacionados à arte indígena. A atividade se desdobra em sarau poético, com leitura dramática, performance e intervenções artísticas até as 17h30. Os participantes também podem contemplar uma exposição com obras de arte e painéis/banners ilustrativos da arte contemporânea indígena.

A mesa-redonda será composta por pesquisadores e acadêmicos indígenas do Grupo PET Litoral Indígena/UFPR; pela pesquisadora-docente, artista e tutora do Grupo PET Litoral Indígena/UFPR, Ana Elisa de Castro Freitas; pela consultora da Unesco/Iphan, artista e pesquisadora convidada pelo LaID/Laboratório de Interculturalidade e Diversidade do Setor Litoral da UFPR, Damiana Bregalda; e pela antropóloga do Museu Paranaense, Maria Fernanda Campelo Maranhão.

A exibição do filme “Euller Miller – entre dois mundos”, de Fernando Severo, começa a partir das 18h30. Ao término da exibição, o diretor e o protagonista Euller Miller – estudante indígena kaiowá matriculado no curso de Odontologia da UFPR e bolsista no Grupo PET Litoral Indígena/UFPR – realizam de um bate-papo com o público presente.

O evento integra o calendário do Abril Indígena do Museu Paranaense e da UFPR. No museu, a programação conta ainda com um curso de introdução à língua e cultura kaingang e apresentações dos povos Fulni-ô.

Arte indígena contemporânea em foco
Data e horário: 10 de abril, das 14h às 21h
Local: Auditório José Loureiro Fernandes – Museu Paranaense. Rua Kellers, 289, São Francisco – Curitiba-PR.
Inscrições: http://bit.ly/arte_indigena

Programação

Primeiro ato
14h – Abertura
14h30 – Roda de prosa e sarau poético “Arte indígena contemporânea em debate”
17h30 – Pausa para café e apreciação de pequena exposição instalada no átrio de entrada do auditório

Segundo ato
18h30 – Exibição do filme “Euller Miller – entre dois mundos”, de Fernando Severo. Produtora O Quadro, 52 min, Curitiba, 2018
19h30 – Bate-papo com o diretor Fernando Severo e o protagonista Euller Miller.

Com informações da Agência de Notícias do Paraná.


UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2019 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR