Universidade Federal do Paraná

Menu

Ciência e Tecnologia

Espécies de fungos retratam emissão especial de selos dos Correios; lançamento aconteceu em Simpósio na UFPR

Superintendência de Comunicação Social     19 de junho de 2019 - 11h59

Esta quarta-feira (19) foi marcada pelo lançamento da emissão especial de selos “Diversidade dos Fungos”, da série Mercosul. A cerimônia realizada pelos Correios aconteceu no Centro Politécnico da Universidade Federal do Paraná (UFPR) durante o I Simpósio “Fungos: Biodiversidade e Impactos na Sociedade”, promovido pelo Setor de Ciências Biológicas.

Estampam os selos seis espécies de fungos basidiomicetos pertencentes à Classe Agaricomycetes: Clathrus chrysomycelinus, Clathrus columnatus, Geastrum violaceum, Hydnopolyporus fimbriatus, Laetiporus gilbertsonii e Oudemansiella cubensis. As fotos são de Larissa Trierveiler Pereira, Vitor Xavier de Lima, Ricardo Matheus Pires e Marcelo Pinto Marcelli, do Instituto de Botânica de São Paulo, com arte final de Daniel Effi, dos Correios.

O reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca, realizou pela primeira vez a obliteração da peça filatélica e reiterou a importância de eternizar o trabalho científico realizado pela universidade. “É uma maneira esteticamente vivaz de divulgar, solidificar e reproduzir as coisas positivas realizadas pela instituição. Esse é o momento de mostrar o que a universidade faz, a produção de saber e a transmissão do conhecimento”.

Reitor da UFPR realizou pela primeira vez a obliteração da peça filatélica. Foto: André Filgueira

Para o superintendente estadual dos Correios no Paraná, Paulo Cezar Kremer dos Santos, o lançamento desses selos dignifica a história e traz memória para as futuras pesquisas. “Nós acreditamos que com a circulação dessas peças filatélicas, que acontece não somente no Brasil mas também no exterior, estamos ajudando a pesquisa e o desenvolvimento do País”.

A representante da coordenação geral do I Simpósio “Fungos: Biodiversidade e Impactos na Sociedade”, Vania Aparecia Vicente, destaca que a procura da UFPR pelos Correios é um indício de que existem pessoas de todas as áreas da sociedade prestando atenção no que é feito dentro da universidade e foi daí que surgiu a motivação para o simpósio.

Selos

Os fungos são um grupo de organismos extremamente diversos, que vão desde espécies microscópicas unicelulares até aquelas que formam grandes estruturas visíveis (macrofungos), como os conhecidos cogumelos e orelhas-de-pau pertencentes ao grupo dos basidiomicetos. Atualmente a UFPR possui uma das coleções fungícas mais representativas do País e devidamente reconhecida a nível mundial.

Os indivíduos retratados nos selos são decompositores de matéria orgânica que contribuem com a reciclagem de nutrientes e manutenção dos ecossistemas terrestres. Apesar de poucas espécies de fungos brasileiros possuírem nomes populares, principalmente devido ao distanciamento do público leigo do conhecimento micológico, nessa emissão eles foram identificados com os nomes populares que são utilizados em outros países com o intuito de difundir informações sobre as espécies.

A emissão tem tiragem é 240 mil exemplares (40 mil de cada selo), com valor de R$1,60 a unidade. As peças estarão disponíveis nas agências de todo o País e também na loja virtual dos Correios.

Emissão especial de selos “Diversidade dos Fungos”, da série Mercosu. Foto: André Filgueira

Simpósio

A programação do evento, que acontece das 9h às 17h, abrange palestras com pesquisadores da UFPR e convidados externos em que serão abordadas a potencialidade da aplicação dos fungos no desenvolvimento de processos e produtos biotecnológicos e a implicação do uso de fungos na clínica médica, em doenças vegetais, no controle biológico, entre outras aplicações.

“Algumas pessoas têm a percepção equivocada de que os fungos são apenas causadores de doenças. Porém, a cada passo que damos, estamos convivendo com eles, pois somos integralmente colonizados por fungos e leveduras. Esses organismos fazem parte da evolução da cultura humana desde os primórdios da humanidade. Temos registros históricos dos produtos fungícos na alimentação humana, como no pão e no vinho”, explica Vania.


UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2019 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR