Universidade Federal do Paraná

Menu

+ UFPR

Curso de Medicina de Toledo arrecada mais de uma tonelada de alimentos em trote solidário

Bruna Bertoldi Gonçalves     7 de fevereiro de 2019 - 18h01

Na semana de recepção aos novos alunos do curso de Medicina do Campus Toledo, um dia é reservado integralmente para o trote solidário. A ação que envolveu cerca de 70 calouros e veteranos foi realizada na última terça-feira, 5, e resultou na arrecadação de 1.347kg de alimentos para instituições da cidade.

Alunos do curso de Medicina de Toledo em frente a um dos mercados onde foi realizada a arrecadação de alimentos, no dia 5 de fevereiro.

“Consideramos uma iniciativa fantástica dos alunos. O curso de Medicina de Toledo interage de forma muito próxima com a comunidade da cidade e é muito gratificante que os alunos se familiarizem e se envolvam com essa proposta desde os primeiros semestres da graduação”, afirma a diretora do campus, professora Cristina de Oliveira Rodrigues. O trote solidário é realizado há três anos, desde a primeira turma do curso.

No dia do trote, os alimentos foram entregues por alunos à Fazenda da Esperança, casa de recuperação de dependentes químicos, e ao Hospital Bom Jesus, entidade filantrópica de Toledo. Arroz, macarrão, óleo, feijão e leite (312 litros) foram os principais itens angariados.

Parte dos itens arrecadados durante o trote solidário. As doações foram entregues a hospital e a uma casa de recuperação de dependentes químicos.

De acordo com o Centro Acadêmico de Medicina de Toledo (CAMT), a tradição que acontece no início de cada semestre inclui, ainda, a entrega de um pacote de fraldas geriátricas no primeiro dia de aula. As peças arrecadadas terão como destino um lar de idosos do município. A entidade estudantil informa também que foram preenchidas vinte senhas do banco de sangue da cidade para a doação e cadastro como doador de medula. A maioria das doações foi feita por calouros. A ação foi desenvolvida em parceria com a Associação Atlética Acadêmica de Medicina de Toledo (AAAMT).

Alunas de Medicina participam do trote solidário no banco de sangue de Toledo.

Além do trote, a programação da semana de recepção aos calouros – que segue até a próxima sexta-feira, 8 – conta com ações de acolhimento aos novos estudantes, com explanação do projeto pedagógico e das diretrizes curriculares, apresentação de servidores e repasse de orientações gerais sobre o curso e sobre auxílios que a Universidade oferece. “Na segunda-feira, tivemos um ato de abertura do semestre – os pais dos calouros também foram convidados – com uma palestra sobre o curso, seguida por outra ministrada pelo doutor Luiz Donaduzzi intitulada ‘Biopark: um modelo de inovação em saúde e qualidade’”, informa Cristina. Donaduzzi é farmacêutico e proprietário de uma indústria nacional no ramo.

Os calouros puderam participar de uma capacitação para as metodologias de ensino usadas no campus. O módulo “Metodologias Ativas de Ensino e Aprendizagem” foi ministrado nos dias 6 e 7 de fevereiro pelo vice-diretor do Setor de Ciências da Saúde da UFPR, professor Edison Luiz Almeida Tizzot, e pela coordenadora do curso de Medicina em Curitiba, professora Marta Francis Benevides Rehme.

A programação completa para os calouros de Toledo e as atividades de recepção dos estudantes dos outros períodos estão disponíveis aqui.