Universidade Federal do Paraná

Menu

Últimas notícias...

    Nenhuma notícia nesta categoria!


Histórico de notícias

Confira galeria com detalhes dos livros

Camille Bropp     30 de maio de 2018 - 10h34

Recursos como grande contraste e texturas ajudam crianças com baixa visão a entrar na história. Fotos: Carol Calomeno/Acervo Pessoal

 

Personagens com rosto expressivo, cenas com muitas cores e atividades mantêm a atenção de crianças surdas

 

Ao adaptar uma obra famosa, alunas optaram por personificar personagens do livro de Ziraldo, que originalmente são cores, para que crianças surdas se identificassem

 

Contornos fortes e atividades no meio do livro foram ferramentas bastante utilizadas pensando em pequenos com baixa visão

 

Neste trabalho, desenhos indígenas e flora amazônica foram usados para conectar as imagens da história

 

Contornos bem delineados e texturas nos personagens para auxiliar crianças com baixa visão

 

O personagem principal deste trabalho, o ipê, possibilitou atividades com as cores da árvore

 

Aproveitando a história, o brilho (dos paetês e da purpurina) foram utilizados nas páginas e nas atividades voltadas a crianças com baixa visão

 

Dicionários com expressões da história em Libras permitem que aulas sejam inclusivas até na hora da contação de histórias; as palavras coloridas conforme a morfologia ajudam no letramento de todos

 

Personagens expressivos e atividades pensadas nas necessidades de crianças surdas em fase escolar


UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2019 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR