Universidade Federal do Paraná

Menu

+ UFPR

Casa do Estudante e UFPR homenageiam Enedina Marques, primeira engenheira negra do País

Superintendência de Comunicação Social     20 de novembro de 2019 - 15h42

Descerramento da placa em homenagem à Enedina Marques (Fotos: Marcos Solivan/Sucom UFPR)

Quando a estudante de jornalismo Cláudia Santos ajudou a descerrar a placa de inauguração da nova biblioteca da Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU), seu gesto trouxe mais do que história. A figura que estampava o quadro, Enedina Marques, primeira engenheira negra do País, formada na Universidade Federal do Paraná (UFPR), simbolizava representatividade.

Cláudia, que também é estudante da UFPR, é negra, mulher e faz parte de uma nova geração de moradores da CEU, prédio construído por Enedina em uma época em que era ainda mais desafiador ser quem foi. Prestes a assumir a presidência da entidade, ela e os colegas com quem divide o prédio batalharam pelo espaço e também pela homenagem a uma mulher que liderou grandes obras paranaenses e que superou barreiras sociais, econômicas e culturais.

Cláudia Santos foi uma das articuladoras do projeto

Este é o segundo ano consecutivo que a universidade celebra a história de uma de suas pioneiras. Em 2018, ela foi homenageada com uma placa no prédio administrativo do Setor de Tecnologia. “Enedina fez o projeto da Casa e o seu protagonismo não aparece muito na história. Até seis anos atrás, só meninos podiam morar aqui”, comenta a estudante. Graças a um projeto de resgate histórico conduzido pelos próprios estudantes, todos que acessarem a biblioteca Enedina Marques poderão vê-la e saber o que ela representa.

Além da biblioteca, outros dois novos espaços foram inaugurados com a parceria da UFPR: o Paulo Leminski, um jardim de inverno proposto para promover a integração dos estudantes estrangeiros, e o Luiz Carlos Borges de Oliveira, sala de informática que terá projetos com a universidade da maturidade. “Foram cerca de três anos para arrecadar todos os fundos e construir esses espaços que são tão importantes para as comunidades externas e internas”, destaca Cláudia.

Durante a cerimônia de inauguração, prestigiada por moradores, ex-moradores da CEU, professores e servidores da UFPR, a figura de Enedina Marques foi lembrada por diversas vezes. O papel da universidade pública como lugar de diversidade e de inclusão marcou o discurso do reitor, Ricardo Marcelo Fonseca. “A universidade se transformou e não é mais apenas um lugar de elite e de gente branca. Muito ainda há de ser feito, mas o perfil mudou”, disse.

O reitor também reforçou a importância de organismos como a Superintendência de Inclusão, Políticas Afirmativas e Diversidade (SIPAD) para que a universidade não retroceda quanto às políticas de inclusão. “Somos um foco de inclusão e de inteligência. Vivemos tempos de resistência e enquanto estivermos aqui não retornaremos a ser espaço da elite branca e masculina”.

O presidente da CEU e estudante de Direito da UFPR, Cleverton Quadros, agradeceu a parceria dos ex-moradores no projeto e reforçou a importância do trabalho coletivo para que os espaços ficassem prontos. “Este é um espaço de estudo, de moradia, de lazer e de vida”, disse. Cícero Martins, da direção do Sindicato dos Engenheiros do Paraná, falou sobre a importância de se refletir a respeito da homenagem a Enedina Marques. “Tantos anos se passaram e ainda estamos nesse processo de reflexão e de luta”, pontuou.

O pró-reitor de Extensão e Cultura, Leandro Franklin Gorsdorf, afirmou que a inauguração era mais uma oportunidade de reconhecer os negros e negras que constróem a universidade e o país. Maria Rita de Assis César, pró-reitora de assuntos estudantis, mencionou o papel da CEU como espaço importante de inclusão e de permanência dos alunos. Além das falas e homenagens, o evento, que marcou as celebrações do mês da Consciência Negra, também contou com uma apresentações dos percussionistas da Orquestra Filarmônica da UFPR.

Evento marcou, também, o mês da consciência negra na UFPR


UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2020 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela AGTIC - Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação da UFPR