Universidade Federal do Paraná

Menu

Extensão e Cultura

Boletim da Inpro analisa a política de crédito do estado no combate à pandemia

Jéssica Tokarski     14 de abril de 2021 - 9h45

O papel da Fomento Paraná durante a pandemia da Covid-19 é abordado na quinta edição do boletim do Projeto INPRO (Incubadora de Projetos Organizacionais e do Trabalho), da Universidade Federal do Paraná (UFPR). A série de boletins temáticos apresenta dados estatísticos e análises sobre o trabalho e renda dos sete municípios do litoral paranaense.

Atendimento na sede da Fomento Paraná em Curitiba. Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Nesta edição foram consideradas as políticas de crédito que ocorreram no estado do Paraná visando diminuir os impactos da crise econômica causada pela pandemia. Entre as operações analisadas, estão o microcrédito e as voltadas para os pequenos empreendedores.

O aspecto econômico é um dos impactos desta pandemia, que é considerada a mais complexa desde a da Gripe Espanhola. As condições sanitárias e sociais completam os impactos que causam a Crise Tripla da Covid-19, abordada em boletins anteriores. Os efeitos sobre as empresas, sobretudo os pequenos negócios, podem afetar, principalmente, os menos favorecidos.

Os momentos de baixa liquidez são considerados pela literatura de finanças corporativas como um dos principais problemas enfrentados pelas empresas. Essas adversidades, que podem derivar de elementos internos ou externos (como é o caso da atual crise sanitária), são capazes de causar restrições financeiras, ou seja, dificuldades para obtenção de crédito.

Essa situação afeta principalmente as empresas menos tangíveis e os pequenos negócios, fazendo com que pequenos empresários tenham problemas de caixa e dificuldades para obtenção de crédito, impactando nos níveis de investimento, causando demissões e fechamento de empresas.

Por isso, meios de fomento como operações voltadas para pequenos empreendedores e microcrédito, examinadas na análise, são importantes para controle da crise e funcionam como ferramentas de inclusão social, sendo orientadas para o consumo ou destinadas à produção, o que leva ao desenvolvimento do indivíduo e de sua unidade produtiva.

Segundo as conclusões apontadas no boletim, a Fomento Paraná adotou medidas de crédito que fizeram com que o número de contratos desse um grande salto, entretanto, o atendimento foi voltado para micro e pequenos empreendedores, que foram os mais atingidos.

A investigação também revelou que o comércio foi o principal setor beneficiado e que o litoral paranaense não ficou entre as dez regiões com maior impacto em número de contratos e valores de crédito, apesar de ter apresentado bons índices de crescimento. Para os analistas, o papel desempenhado pela gestora de políticas de crédito foi capaz de dirimir as restrições e contribuir para a recuperação de empregos no estado ao final de2020.

Acesse aqui a edição 5 do Boletim Inpro.

Confira todos os boletins do Projeto INPRO neste link.


UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2021 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela AGTIC - Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação da UFPR