Universidade Federal do Paraná

Menu

Março das Mulheres UFPR: Todas Elas!

A UFPR promoverá em Março de 2021, uma programação online em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Com o conceito “Todas Elas!”, o evento traz a voz de diversas mulheres que ilustram uma ampla representatividade, a partir dos lugares de fala que cada uma escolheu ocupar.
São lugares diversos, distintos e plurais.
São mulheres diversas, distintas e plurais.
Nessa perspectiva, a programação traz convidadas de diversas áreas, além de apresentações artísticas com nomes que nos mostram a liberdade de escolha de cada mulher e todas as possibilidades de Ser e Estar.
“Todas Elas!” é um mosaico, em que cada peça é diferente em sua cor e formato, mas todas se encaixam e se completam em suas particularidades: Todas Elas!

 

Confira a programação das Oficinas e Atividades durante todo o mês de março na UFPR: 

  • Programação
  • Ações de Março

 


Programação

 

DE 1 A 31 DE MARÇO (TODOS OS DIAS)

Mosaico Todas Elas!
Depoimento em vídeo de diversas mulheres, complexificando o SER MULHER a partir de seus lugares de fala.
As publicações serão no Instagram, Facebook e Youtube da Coordenadoria de Cultura @culturaufpr

 

TODAS AS QUARTAS-FEIRAS DO MÊS DE MARÇO

Posts Especiais – Mês da Mulher MAE-UFPR 2021
Neste Mês da Mulher UFPR 2021, acompanhe o Instagram e Facebook do Museu de Arqueologia e Etnologia da UFPR (@MAEUFPR), onde o Museu trará semanalmente reflexões sobre o que é ser mulher em diferentes sociedades e informações sobre a trajetória de grandes pesquisadoras e artistas.
As publicações serão no Instagram e Facebook do MAE-UFPR @maeufpr
Ação desenvolvida pelo Museu de Arqueologia e Etnologia da UFPR (MAE-UFPR)

 

Museu de Arte da UFPR – MusA

 

Obra Comentada
Série que faz parte das propostas educativas da exposição virtual do acervo “Cenas de Interior” e traz comentários de colaboradores (técnicos, professores e estudantes} do Núcleo Educativo. Para o mês da mulher o [Obra Comentada] fará postagens semanais com as mulheres artistas que estão na exposição e além do comentário trará um pouco da trajetória dessa mulher na arte.

Estão programadas postagens para os dias 05, 12, 19, 26 e 31 de março – com as artistas: Claudia Dal Canton, Beatriz Correa, Estela Sandrini, Letícia Marquez e Leonor Botteri.

 

Resultados de pesquisas
Divulgação dos Resultados da Pesquisa Científica da Professora Stephanie Dahn Batista sobre a artista Denise Queiroz – que Participou de uma exposição individual e retrospectiva em 2019 no MusA – serão publicados dois artigos no site do MusA e divulgados nas redes no dia 15 de março.
Site : http://www.musa.ufpr.br/
Facebook: @MuseudeArtedaUFPR
Instagram: museudeartedaufpr

 

DIA 04 (QUINTA-FEIRA)

 

Palestra: “Mulher no volante perigo constante? Espalhando conhecimento e desmistificando estereótipos”
Já teve algum problema com o seu carro e não soube como resolver? Viu alguém passando por algum problema mecânico e imaginou que se fosse com você não saberia o que fazer? Ou se sentiu enganada e desrespeitada ao procurar serviços mecânicos? Essa é a realidade pela qual algumas mulheres passam, e a falta de informação e o estereótipo de que mulheres não compreendem assuntos relativos à mecânica agravam a situação. Nessa conversa, as meninas do UFPR Fórmula e Fórmula UTFPR trarão alguns problemas comuns que podem ocorrer com seu carro e como proceder caso aconteçam a fim de espalhar conhecimento entre gurias e quebrar esses estereótipos.

Palestrantes: Ingrid Gasparin, Ingrid Morgado e Maria Fernanda Fogaça.

A palestra será transmitida pelo link https://meet.google.com/gyc-pgix-cme
Horário: 20h
Ação desenvolvida por Ingrid do Rocio Gasparin.

 

DIA 05 (SEXTA-FEIRA)

 

Música Luiza – Trio Vinil
O Trio Vinil é formado pelos músicos Mateus Brandão, no violão, Rafael Ferronato, no violino e Fabiane Nishimori Ferronato na viola. O trio foi formado a mais de 4 anos e tem como característica apresentar músicas do tempo do Vinil, numa releitura com instrumentos eruditos.
Em 2020, o Trio Vinil gravou algumas obras à distância e teve alguns convidados especiais, como a cantora Lídia Brandão, que atualmente reside e trabalha em Portugal. Essa obra- Luiza, de Tom Jobim, foi arranjada pelo violonista Mateus Brandão especialmente para o Trio Vinil e Lídia Brandão.
Violino: Rafael Ferronato
Viola: Fabiane Nishimori Ferronato
Violão: Mateus Brandão
Voz: Lídia Brandão
Horário: 16h
A publicação será no Instagram, Facebook e Youtube da Coordenadoria de Cultura @culturaufpr

 

Palestra : Importância dos estudos para emancipação feminina.

Será debatido sobre emancipação feminina a partir da perspectiva do direito e da histórica e das exatas, com foco interdisciplinar. Além de divulgar os resultados do projeto Rocket Girls: Meninas na Astronomia e na Astronáutica e suas consequências para emancipação feminina de graduandas e alunas da Educação Básica.
Palestrantes: Cristiane Aparecida Ramos, Mara Fernanda Parisoto, Karoline Frazão, Alda Rossetto e Joselene Leda dos Santos Lopes de Carvalho.

Horário: 19h às 22h30

Transmissão será pelo link https://meet.google.com/rya-iodm-avk

Ação desenvolvida pelo projeto Rocket Girls: Meninas na Astronomia e na Astronáutica e pelo Pré-vestibular comunitário de Palotina.

 

DIA 08 (SEGUNDA-FEIRA)

 

MatematicATIVA com Atividades Remotas
Este vídeo apresenta o trabalho intitulado “MatematicATIVA com Atividades Remotas: Matemática Divertida no Facebook e no Instagram”, da Sessão Técnica 10 – Ensino e Extensão em Matemática Aplicada e Computacional, do X ERMAC – RS, 2020.
O projeto MatematicATIVA foi concebido e criado em 2017, por uma mulher, e vem sendo coordenado por mulheres. Tem sido inspiração para estudantes mulheres a ensinar matemática, de uma forma lúdica e descontraída.
O vídeo será transmitido no canal do youtube 
Horário: 12h
Ação desenvolvida por Ximena Mujica.

 

DIA 11 (QUINTA-FEIRA)

 

Mesa redonda: Quem tem medo dos feminismos na escola? A cruzada anti-gênero na educação
A mesa discutirá pesquisas na área dos Estudos de Gênero e Sexualidades nas suas interfaces com a Educação. Será problematizada a cruzada anti-gênero e anti-feminista empreendida na educação, que a constitui como campo discursivo em disputa.
Docentes: Ângela Fonseca e Karina Veiga Mottin.
Coordenação: Professora Maria Rita de Assis César.
Horário: 19h30.
Transmissão pelo Facebook do LABIN.
Ação desenvolvida pelo Laboratório de Investigação em Corpo, Gênero e Subjetividades na Educação – LABIN/UFPR

 

DIA 12 (SEXTA-FEIRA)

 

Téssera Companhia de Dança da UFPR – ‘AQUELA QUE É’
‘Aquela que é’ configura-se em uma obra coreográfica que evidencia o universo feminino. Em cena, vê-se a mulher, em totalidade, livre, intuitiva, detentora de seu corpo, mente e espírito. O espetáculo, que tem por objetivo estético a essência e a fonte de energia vital da figura feminina, apresenta posicionamentos e intenções como força, generosidade e sensibilidade e representa na ação, ciclos de renovação, vida e morte.
A partir de estudo aprofundado e de intensa pesquisa sobre o tema, a emoção, a interpretação e as intencionalidades do movimento foram exaustivamente trabalhadas na composição da obra trazendo à tona reações orgânicas e carregadas de simbolismo. Irrompendo com elementos cênicos e modos de criação, ‘Aquela que é’ exibe o feminino, a mulher, seu posicionamento no mundo, sua capacidade de restaurar e manter o equilíbrio, sua existência, identidade e significado.
Com concepção e coreografia de Juliana Virtuoso, trilha sonora de Helen de Aguiar e direção geral de Rafael Pacheco, a obra teve sua estreia em novembro de 2017, com reapresentações e novas temporadas ao longo de 2018, no Teatro da Reitoria, no interior e no litoral do Estado do Paraná e no Festival de Teatro de Curitiba, em 2019.

Horário: 16h
A publicação será no Instagram, Facebook e Youtube da Coordenadoria de Cultura @culturaufpr

 

DIA 15 (SEGUNDA-FEIRA)

 

Mesa redonda MULHERES QUE ESCREVEM: TEMPOS E ESPAÇOS”
Tratará das pesquisas no campo da produção literária de mulheres.
A mesa discutirá pesquisas e processos de formação com perspectiva de gênero das pesquisadoras do Núcleo de Estudos de Gênero e de seus orientandos e orientandas. Também tem como intuito demarcar o lugar da luta por igualdade, a interseccionalidade necessária à pesquisa, conforme é da tradição do campo, a justiça e o necessário reconhecimento dos direitos das mulheres. Todas as vezes que se faz este lugar estamos certas de que se gera democracia e são criados espaços para construir a igualdade de gênero. Todos, todas e todes sintam-se muito bem- vindes!
Horário: 19h30
A transmissão será pelo link meet.google.com/zid-zztu-ksh
Ação desenvolvida pelo Núcleo de Estudos de Gênero da UFPR.

 

DIA 17 (QUARTA-FEIRA)

 

Oficina – Mulheres elementares: descobrindo as cientistas da Tabela Periódica
A Oficina, com foco na formação inicial de professoras e professores, tem como objetivo apresentar as Mulheres que colaboraram de diferentes formas para o desenvolvimento da Tabela Periódica e foram esquecidas pela história. Para isso serão realizadas, de maneira síncrona, as seguintes atividades: breve discussão sobre as Mulheres nas Ciências com as e os participantes; apresentação sobre as Mulheres da Tabela Periódica e as suas contribuições; e dinâmica com jogos com as licenciandas e licenciandos.

Ministrantes: Aline Kundlatsch,
Heidi Mara dos Santos Eiglmeier,
Ana Paula dos Santos Oliveira,
Alicia Aparecida de Souza,
Iolanda Ponzetta Araújo,
Gabriela Ferreira

Público-alvo: Licenciandas e Licenciandos
Quantidade de vagas: 80
Horário da oficina: 14h às 17h
Para a participação na Oficina o público deverá se inscrever aqui.
Período de inscrição: 01 a 10 de março de 2021.
Ação desenvolvida pelo Projeto de Extensão “Meninas e Mulheres nas Ciências – UFPR”

 

DIA 20 (SÁBADO)

 

Entrevista com Nila Rodrigues Barbosa – Mês da Mulher MAE-UFPR 2021
Lançamento da entrevista do MAE-UFPR com a historiadora Nila Rodrigues Barbosa, autora do livro Museus e Etnicidade: o negro no pensamento museal. Nila tem mestrado em Estudos Étnicos e Africanos pela Universidade Federal da Bahia e experiência nas áreas de patrimônio cultural e igualdade racial. No vídeo, serão abordadas as relações entre raça, gênero e patrimônio cultural.
Horário: 14h
A entrevista será transmitida pelo Premiere no Youtube do MAE-UFPR (www.youtube.com/MAEUFPR ) e em seguida IGTV do MAE-UFPR (www.instagram.com/maeufpr )
Ação desenvolvida pelo Museu de Arqueologia e Etnologia da UFPR (MAE-UFPR)

 

DIA 22 (SEGUNDA-FEIRA)

 

Mesa redonda DO CUIDADO, DOS SEUS LUGARES TEÓRICOS E INTERDEPENDENTES, DOS SEUS DIVERSOS LUGARES EMPÍRICOS.

A mesa discutirá pesquisas e processos de formação com perspectiva de gênero das pesquisadoras do Núcleo de Estudos de Gênero e de seus orientandos e orientandas. Também tem como intuito demarcar o lugar da luta por igualdade, a interseccionalidade necessária à pesquisa, conforme é da tradição do campo, a justiça e o necessário reconhecimento dos direitos das mulheres. Todas as vezes que se faz este lugar estamos certas de que se gera democracia e são criados espaços para construir a igualdade de gênero. Todos, todas e todes sintam-se muito bem- vindes!
Horário: 19h30
A transmissão será pelo link meet.google.com/zid-zztu-ksh
Ação desenvolvida pelo Núcleo de Estudos de Gênero da UFPR.

 

DIA 26 (SEXTA-FEIRA)

Recital-concerto sobre Barbara Strozzi
Silvana Scarinci é professora da graduação e pós-graduação em Música na Universidade Federal do Paraná. Teorbista, musicóloga, dirige o LAMUSA (Laboratório de Música Antiga da UFPR), responsável pelo resgate, edição e performance de obras raras do período barroco. Neste recital/concerto, Silvana Scarinci apresenta a obra da veneziana Barbara Strozzi, importante compositora do barroco e responsável pelo surgimento da cantata.
Horário: 14h30
A transmissão será pelo canal do Youtube
Ação desenvolvida pelo Setor de Artes, Comunicação e Design.

 

Webnário “LAMUSA e as mulheres na música”
Este encontro, organizado pelo LAMUSA (Laboratório de Música Antiga da UFPR), terá como pauta temas diversos relacionados ao âmbito da mulher na música. As palestrantes irão discutir como a mulher foi retratada na música e o protagonismo da mulher enquanto musicista e compositora ao longo da história. Temas como a invisibilidade feminina, os estereótipos de gênero, a profissionalização e os embates sociais relacionados à mulher e à prática musical farão parte desta importante discussão sobre a visibilidade feminina na música
Palestrantes confirmadas:
Carô Murgel: historiadora, musicista e pesquisadora – UNICAMP
Gabriella di Laccio: cantora – DONNE Foundation
Laila Andressa Cavalcante Rosa: musicista e etnomusicóloga – UFBA
Silvana Scarinci: teorbista e musicóloga – LAMUSA UFPR
Viviane Kubo: cantora e musicóloga – PUC PR – LAMUSA UFPR
Horário: 15h00
Ação desenvolvida pelo Setor de Artes, Comunicação e Design.

 

DIA 27 (SÁBADO)

Entrevista com Francielle Lisboa de Almeida – Mês da Mulher MAE-UFPR 2021
Lançamento da entrevista do MAE-UFPR com a antropóloga Francielle Lisboa de Almeida, doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da UFPR. Em seu doutorado, Francielle estuda a trajetória da pesquisadora Maria Ignez Cruz Mello e a formação de sua coleção de objetos e fotografias que está no MAE-UFPR. A entrevista, que abordará temas como mulheres na Academia e na Ciência e a formação de acervos etnográficos, irá refletir também acerca do conhecimento produzido por Maria Ignez Cruz Mello acerca das artistas wauja, que foram interlocutoras da antropóloga.
Horário: 14h
A transmissão será pelo Premiere no Youtube do MAE-UFPR (www.youtube.com/MAEUFPR ) e em seguida IGTV do MAE-UFPR (www.instagram.com/maeufpr )
Ação desenvolvida pelo Museu de Arqueologia e Etnologia da UFPR (MAE-UFPR).

 

Mesa redonda: A saúde mental e o acolhimento de lésbicas em meio a pandemia da Covid-19
A PRAE e a SIPAD executam políticas de acolhimento na UFPR. Essa mesa discutirá a potencialização das vulnerabilidades das lésbicas em meio a pandemia da Covid-19. Além disso, discutirá pesquisas na área dos Estudos de Gênero, Sexualidades, saúde mental e acolhimento de lésbicas.
Docentes: Graziele Tagliamento e Jéssica Miranda.
Coordenação: Professoras Dayana Brunetto e Lauren Pinto Machado.
Horário: 19h
A transmissão será realizada pelo Facebook da PRAE @praeufpr
Ação desenvolvida pela Pró-reitoria de Assuntos Estudantis – PRAE e Superintendência de Inclusão, Políticas Afirmativas e Diversidade – SIPAD

 

DIA 31 (QUARTA-FEIRA)

 

Elas nas Exatas: vídeo-depoimentos
Lançamento da série de vídeo-depoimentos “Elas nas Exatas” que retrata a trajetória pessoal e acadêmica das mulheres do Setor de Ciências Exatas da Universidade Federal do Paraná.
O vídeo de lançamento da Série conta com a participação de seis cientistas do Setor de Ciências Exatas da UFPR, uma de cada Departamento (Física, Química, Matemática, Estatística, Expressão Gráfica e Informática).
O objetivo é valorizar o protagonismo das mulheres do Setor e dar visibilidade para as suas vivências criando um registro histórico que poderá servir como fonte de pesquisa e inspiração sobre as questões de gênero nas Exatas.
A Série é um fruto da parceria entre o Projeto de Extensão ‘Meninas e Mulheres nas Ciências’ e o ‘Meninas nas Exatas: por elas para todos!’.
Os vídeos serão publicados no Instagram @mulheresnasciencias.ufpr e @meninasexatasufpr

Ação desenvolvida pelo Projetos de Extensão “Meninas e Mulheres nas Ciências” e “Meninas nas Exatas”

 

Quartas LGBT UFPR
O projeto Quartas LGBT UFPR promove espaços de formação em relação às questões LGBT e sobre o enfrentamento da LGBTfobia, do machismo e do racismo para a sociedade em geral com o intuito de produzir o espaço da Universidade como um espaço seguro e sem violências.
Horário: 19h.
A transmissão será realizada pelo Facebook da SIPAD.
Ação desenvolvida pela Área de Gênero e Diversidade Sexual da Superintendência de Inclusão, Políticas Afirmativas e Diversidade – SIPAD/UFPR e Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros NEAB/UFPR.

 

Unidade pela UFPR para o mês das mulheres
Movimento Estudantil: as minas no protagonismo!
Transmissão de uma conversa entre duas mediadoras e uma figura pública, como convidada, para discutir sobre como é ser mulher nas políticas de dentro de uma universidade por meio de análises e discussões sobre vídeos feitos por estudantes mulheres que compõem o movimento estudantil da UFPR.
Esporte Eletrônico: ELAS na UFPR!
Transmissão ao vivo de algumas estudantes que trabalham por meio de plataformas de stream a fim de desenvolver uma conversa entre mulheres players sobre o machismo no mundo dos jogos.

Horário: 19h até 21h
Serão disponibilizados os links das transmissões nas redes sociais do DCE
https://www.facebook.com/dceufpr
https://www.instagram.com/dce_ufpr

Ação desenvolvida pelo Diretório Central dos Estudantes da UFPR

 


 

 

 

AÇÕES

 

Campanha publicitária “UFPR contra o assédio”
A campanha de conscientização visa alertar tanto possíveis vítimas quanto agressores e omissos sobre a irregularidade e a gravidade dessa prática. Serão apresentados cartazes com imagens de alunas de diversos cursos de graduação e pós-graduação da UFPR. As imagens retratam a reação dessas alunas à frase disparadora: como você se expressa em relação à ocorrência de assédio na universidade?
Ação desenvolvida pelo Projeto “MediAÇÃO: diferenças em conflito” – CEAPPE – Centro de Assessoria e Pesquisa em Psicologia e Educação.

 

PsicoSô! – Jornal Mural
Em 2020, o jornal mural PsicoSô! de março foi totalmente dedicado ao evento “Março da Mulher na UFPR. Nesse exemplar, o “ser mulher” foi problematizado a partir de vozes femininas oriundas de contextos subrepresentados na mídia convencional.
Em quatro matérias evidenciou-se a construção social e histórica do sentido desse termo, incluindo a importância da territorialização da universidade pelas mulheres indígenas, a presença de travestis e transexuais no sistema educacional e como a transfobia as expulsa, a experiência lésbica na universidade e como as mulheres na Internet estão desafiando a gordofobia. E para esse ano, o material é republicado.
O PsicoSô! é uma publicação produzida pelo projeto MediAÇÃO: diferenças em conflito, vinculado ao CEAPPE/HL – Centro de Assessoria e Pesquisa em Psicologia e Educação do Setor de Ciências Humanas, e esse sexto exemplar contou com a parceria da PROEC.

 

Programando Jogos no Sctatch
Programando jogos no Scratch é uma atividade assíncrona no formato de oficina, destinada a introduzir conceitos básicos da programação para aplicá-los posteriormente na criação de jogos. Na primeira parte da oficina é feita uma introdução rápida à plataforma e a seus comandos básicos, logo após, são apresentados jogos em três níveis: fácil, médio e difícil. Após superadas essas etapas é proposto ainda um jogo final no nível desafio.

Os participantes precisam de um computador ou notebook para acompanhar as atividades propostas.

Duração: 2h

Link para participação

Atividade desenvolvida por Ana Gabriela Martínez e Nadia Luana Lobkov

 


 

Realização:

UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2021 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela AGTIC - Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação da UFPR