Universidade Federal do Paraná

Menu

Junho LGBT na UFPR 2021

Por tudo que somos e podemos ser

“Neste mês de junho a UFPR apresenta uma série de ações virtuais que trarão reflexões frente aos avanços, as conquistas, desafios e lutas das subjetividades LGBT.
As ações acontecem a partir de hoje, 10 de junho e seguem até o dia 30 deste mês, dia em comemoração internacional do orgulho LGBT e poderão ser conferidas nas redes sociais da Coordenadoria de Cultura/PROEC e dos parceiros CEAPPE, SIPAD, NAP, DELEM, PPGL e LABIN.”

A UFPR é de todxs, é pra todxs!

Comissão Organizadora


Por tudo que somos e podemos ser somos tanto.
Somos filhes, mães, pais, irmãos e irmãs.
Somos professores, pesquisadores, atores e tantos outres.
Ocupamos espaços.
Estamos na rua.
Estamos ao seu lado, na sua frente.
Não lutamos por privilégios e nem queremos tê-los.
Nossa militância é no cotidiano e celebra a garantia a vida.
Vida que lutamos.
Vida que queremos.
Vida que agarramos.
Por tudo que somos e podemos ser.
Somos tanto.


Hashtags Oficiais:
#JunhoLGBTINaUFPR
#PorTudoQueSomos
#PorTudoQuePodemosSer

Perfis parceiros:
@SIPAD @PRAE @DCE
@nap_ufpr
CEAPPE

 

Programação


Quinta – 10/06

12h
Abertura – Poema Por Tudo que Somos e Podemos Ser

Plataforma: Instagram PROEC (Pró-Reitoria de Extensão e Cultura).

19h30
Live: “Haja terapia? Discussões sobre ser LGBT no mercado de trabalho”.
Psicóloga Amanda Bengozi Bento – CRP 05/57708

Currículo: Mulher lésbica, psicóloga clínica (CRP,05/57708), gestora e responsável técnica da Única – Psicologia da Gente.
Rede Social: @unicapsicologia
Sinopse: Nessa live serão abordados diferentes sentidos que a formação universitária e o trabalho ocupam na vida contemporânea, possíveis adoecimentos mentais que o sujeito LGBTI+ pode se deparar ao entrar no mercado de trabalho e como a psicoterapia pode ser um recurso de acolhimento e construção de significados neste contexto.

Plataforma: Youtube SIPAD (Superintendência de Inclusão, Políticas Afirmativas e Diversidade).

Sexta – 11/06

20h
#PartiuSofá
Exibição do filme Bicha Preta
Bicha Preta aborda os aspectos socioculturais que auxiliam na marginalização da negritude, especificamente em relação ao indivíduo LGBTQIA+, e contribui relatando a diversidade de expressões e lutas dentro de um mesmo movimento.

Bichapretadoc no Facebook

Um filme de Thiago Rocha @thgrch Bicha Preta é premiado no 18º Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade da Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (2018), Exibido na Screening Brazil em Amsterdã (Holanda), Filmscreening – Olhares Diversos em Berlim (Alemanha), Schwarzsein, Pluralität und Alltagsrassismus in Braslien em Köln (Alemanha), Festival Close Certo no MIS – Museu da Imagem e do Som, TRANSdocumenta da ONU em São Paulo, e outros diversos festivais brasileiros.

Apresentando Fabrício Júnior Gabriel Sanpêra Luanna de Oliveira Colaboração Alexandre Pina Luciano Fonseca Orientação Jefferson Chagas.

Plataforma: Youtube da COC (Coordenadoria de Cultura).

Segunda – 14/06

18h
Nossas vozes: Depoimento dos coletivos LGBT’s contando suas trajetórias e lutas.

Plataforma: Instagram PROEC (Pró-Reitoria de Extensão e Cultura).

Terça – 15/06

18h
Nossas vozes: Depoimento dos coletivos LGBT’s contando suas trajetórias e lutas.

Plataforma: Instagram PROEC (Pró-Reitoria de Extensão e Cultura).

19h30
Live: “Reflexões sobre as perdas da população LGBT: se quebrarmos o espelho, o que sobra?”
Psicóloga Julia Romano
(UEM) – CRP 08/31800

Currículo: Julia Andressa Romano é psicóloga clínica (CRP 08/ e social pela Universidade Estadual de Maringá, é integrante do Coletivo Yalodê Badá desde 2017 e batuqueira no grupo de maracatu Baque Mulher Maringá. Seus estudam têm sido realizados na uniam entre a Psicologia Social e discussões de empoderamento e protagonismo negro por meio da música brasileira, assim como participado de grupos de estudos sobre questões de luto.
Rede Social: @juuandressa
Sinopse: A Psicologia desde suas origens tem se debruçado em discussões sobre luto em uma perspectiva de perda por morte e ainda assim é um tabu na sociedade ocidental. Por isso, é importante que iniciemos nossas reflexões e discussões sobre a morte e o luto para população LGBTI, que em muitas das vezes precisa lidar não só com o medo da morte pensando nas diversas realidades enfrentadas, mas também em alguns casos com a mudança da sua imagem e perda de vínculos próximos. A sociedade não costuma autorizar e nem reconhecer esses tipos de perda o que pode gerar muitas angústias. Olhar para todas essas perdas é uma alternativa para melhor acolher essas pessoas e contribuir de alguma forma com a saúde mental dessa população.

Plataforma: Youtube SIPAD (Superintendência de Inclusão, Políticas Afirmativas e Diversidade).

Quarta – 16/06

18h
Nossas vozes: Depoimento dos coletivos LGBT’s contando suas trajetórias e lutas.

Plataforma: Instagram PROEC (Pró-Reitoria de Extensão e Cultura).

Quinta – 17/06

18h
Nossas vozes: Depoimento dos coletivos LGBT’s contando suas trajetórias e lutas.

Plataforma: Instagram PROEC (Pró-Reitoria de Extensão e Cultura).

Sexta – 18/06

18h
Nossas vozes
: Depoimento dos coletivos LGBT’s contando suas trajetórias e lutas.

Plataforma: Instagram PROEC (Pró-Reitoria de Extensão e Cultura).

20h
#PartiuSofá
Exibição do filme Retratos do Teu Rosto
Teus olhos grandes, redondos e pretos. Tempos depois ainda ficavam pregados em mim.

Como botões. “Retratos do teu rosto”, realizado em parceria com Museu da Diversidade Sexual, estreou em outubro de 2016 no cinema Reserva Cultural em São Paulo. Exibido na periferia da cidade e no interior do estado, o filme também fez parte da Mostra Diversidade do Festival de Caruaru, em Pernambuco.

Drama, São Paulo/BRA, 2016.
Direção e Roteiro: Marco Aurélio Gal Produção: Marco Aurélio Gal e Raíssa Fernandes Dir. de Fotografia: Raíssa Fernandes e Camilla Mazzoni Figurino: Gustavo de Carvalho Edição: Victor Anger e Marco Aurélio Gal Trilha Musical: Álvaro Campos Violino: Kashi Mello Elenco: Tânia Gaidarji (voz), Tayná Caldas e Luisa Moraleida

Plataforma: Youtube da COC (Coordenadoria de Cultura).

Segunda – 21/06

18h
Nossas vozes: Depoimento dos coletivos LGBT’s contando suas trajetórias e lutas.

Plataforma: Instagram PROEC (Pró-Reitoria de Extensão e Cultura).

Terça – 22/06

18h
Nossas vozes: Depoimento dos coletivos LGBT’s contando suas trajetórias e lutas.

Plataforma: Instagram PROEC (Pró-Reitoria de Extensão e Cultura).

Quarta – 23/06

18h
Nossas vozes: Depoimento dos coletivos LGBT’s contando suas trajetórias e lutas.

Plataforma: Instagram PROEC (Pró-Reitoria de Extensão e Cultura).

Quinta – 24/06

18h
Nossas vozes: Depoimento dos coletivos LGBT’s contando suas trajetórias e lutas.

Plataforma: Instagram PROEC (Pró-Reitoria de Extensão e Cultura).

20h
Debate “Linguagem e Produção Cultural LGBTI
Mediadora: Juliana Mara – É Mestre em Cultura e Territorialidades/UFF, Bacharel em Produção Cultural/UFF, Produtora Cultural da UFPR.
Convidados:
Rafael Lorran – Rafael Lorran é ator, dramaturgo, diretor e professor de teatro. Graduado em licenciatura em Teatro pela Universidade Estadual de Montes Claros – Unimontes, mestre em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Uberlândia – UFU e doutorando em Teatro pela Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC.

Thiago Grisolia – Poeta e Produtor Cultural. É Bacharel em Produção Cultural (UFF), Mestre em Estudos Contemporâneos das Artes (UFF), Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Literatura (UFRJ), onde desenvolve pesquisa a respeito das zonas de contágio entre poesia e artes visuais no cenário contemporâneo brasileiro. Foi curador da exposição “À mercê do Impossível – Ana Cristina Cesar” (Caixa Cultural/RJ), dentre outras. É autor do livro de poesia Bestiário da fauna do presente (ed. Urutau).

Bella Tymburibá – Mulher, Pansexual, Bella Tymburibá é cantora, compositora e multiinstrumentista. Lançou seu primeiro CD autoral – Mosaico – em 2010, estando presente sete de suas 40 músicas. Se apresentou por mais de 10 anos no formato “voz e violão”, em vários estados e nos últimos anos integra bandas de estilos variados. Se apresenta no carnaval de Belo Horizonte desde 2014, tendo integrado a bateria de diversos blocos. Em 2019 e 2020 tocou nos blocos “Truck do Desejo” e “Tururu”, ambos ligados às representatividade LGBTQIA+.

Plataforma: Youtube da COC (Coordenadoria de Cultura).

Sexta – 25/06

18h
Nossas vozes: Depoimento dos coletivos LGBT’s contando suas trajetórias e lutas.

Plataforma: Instagram PROEC (Pró-Reitoria de Extensão e Cultura).

20h
#PartiuSofá
Exibição do Filme Primavera de Fernanda

Abre-se, na vida de Fernanda, uma possibilidade de reconstrução da sua própria imagem. E isso acontece a partir de uma oferta de emprego que reativa nela toda a relação de afeto que havia sido construída com sua mãe, durante a infância. Mas Fernanda, que está sempre precisando negociar sua identidade com o mundo externo, irá passar por mais um teste.

🏆
Festivais e Prêmios (Festivals and Prizes):

  • Prêmio de Melhor Direção, Prêmio de Melhor Roteiro, Prêmio de Melhor Fotografia, Prêmio de Melhor Interpretação;
  • Atriz Principal no Prêmios Latino 2018 (Espanha, 2018);
  • Prêmio de Melhor Curta, Prêmio de Melhor Roteiro da Mostra Competitiva no 3º DIGO – Festival Internacional de Diversidade Sexual e de Gênero de Goiás (Brasil, 2018);
  • Prêmio de Melhor Roteiro, Prêmio de Melhor Atriz no 2º Festival de Cinema Sertão e Diversidade (Brasil, 2018);
  • Prêmio de Melhor Atriz no 17º Festival Noia (Brasil, 2018);
  • Prêmio de Melhor Atriz no 12º For Rainbow – Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual (Brasil, 2018);
  • Menção Especial Competência Latinoamericana no 9º Festival REC (Argentina, 2018);
  • Seleção Oficial no 25º Festival MixBrasil de Cultura da Diversidade (Brasil, 2017);
  • Seleção Oficial na Mostra Paranaense do 7º Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba (Brasil, 2018);
  • Seleção Oficial no 16º Florence Queer Festival – VideoQueer (Itália, 2018);
  • Seleção Oficial no 10th International Inter University Short Film Festival (Bangladesh, 2018);
  • Seleção Oficial no QUEER-Streifen Filmfestival Regensburg (Alemanha, 2018);
  • Seleção Oficial na Mostra FESTUNI – Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (Brasil, 2018);
  • Seleção Oficial no Circuito Penedo de Cinema – 8º Festival de Cinema Universitário de Alagoas (Brasil, 2018);
  • Seleção Oficial no 11º Mostra o Teu que eu Mostro o Meu – Mostra Universitária (Brasil, 2018).

 

Direção: Débora Zanatta e Estevan de la Fuente;
Produção: Andréa Tomeleri e Gil Baroni;
Roteiro: Estevan de la Fuente;
Apresentando: Laysa Machado, Flora Chagas, Marina Vieira Chagas Lemos, Gerson Delliano, Mauro Zanatta, Regina Vogue, Rebeca Cordeiro, Marcel Szymanski e Anne Celli.

Plataforma: Youtube da COC (Coordenadoria de Cultura).

Segunda – 28/06

19h
Onze Fitas
(Fátima Guedes)
Vídeo Espetáculo apresentado por cantores solistas LGBTIA+ integrantes do GMPB da UFPR, acompanhados pelo restante do grupo.

Plataformas: Instagram e Youtube COC (Coordenadoria de Cultura).

Terça – 29/06

10h
DIÁLOGOS (TRANS)VIADOS SOBRE LINGUAGEM, GÊNERO E SEXUALIDADE NO CONTEXTO BRASILEIRO
Prof. Dr. Fábio Alexandre Silva Bezerra (UFPB/PROLING)
Profa. Dra. Renata Lucena Dalmaso (UNIFESSPA/POSLET)

Mediação: Alison Roberto Gonçalves (DELEM/UFPR) e Ana Paula Marques Beato-Canato (UFPR/PPGL)

Plataforma: Youtube do NAP (Núcleo de Assessoria Pedagógica).

Quarta – 30/06

20h
Fechamento
MANIFESTO 1. da CIA de Teatro da UFPR  .

Plataformas: Instagram e Youtube COC (Coordenadoria de Cultura).


Hashtags Oficiais:
#JunhoLGBTINaUFPR
#PorTudoQueSomos
#PorTudoQuePodemosSer

Perfis parceiros:
@SIPAD @PRAE @DCE
@nap_ufpr
CEAPPE

UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2021 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela AGTIC - Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação da UFPR