Universidade Federal do Paraná

Menu

Extensão e Cultura

SIEPE 2018: extensão e cultura são discutidas em diferentes formatos e temáticas

Superintendência de Comunicação Social     3 de outubro de 2018 - 18h25

Oficinas, rodas de conversa, estandes e apresentações orais são os formatos de troca de ideias e discussões no 17º Encontro de Extensão e Cultura (Enec). As temáticas da extensão envolvem comunicação, cultura, direitos humanos e justiça, educação, meio ambiente, saúde, tecnologia e produção e trabalho. Ao todo, o Enec reúne a apresentação de 362 trabalhos, desta terça (2) a quinta-feira (4), no campus Reitoria da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

“Os novos formatos trazem um processo de mediação que tem a ver com a ação extensionista. É uma possibilidade de mostrar os produtos de extensão, experimentação, materiais educativos e didáticos, fotografias, entre outros”, disse o pró-reitor de Extensão e Cultura da UFPR, Leandro Franklin Gorsdorf.

Oficina é um dos novos formatos de trocas de ideias e discussões durante o Enec 2018. Foto: Marcos Solivan/Sucom-UFPR

Oficina é um dos novos formatos de trocas de ideias e discussões do Enec 2018. Fotos: Marcos Solivan/Sucom-UFPR

O Encontro propõe um espaço de intercâmbio de conhecimentos e experiências e faz parte da 10ª Semana Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão (Siepe). Ainda integram a Siepe o 26º Evento de Iniciação Científica (Evinci); o 17º Encontro de Atividades Formativas (Enaf); e o 11º Evento de Iniciação Tecnológica (Einti).

Ciência da universidade para escolas
Estande

Levar a conscientização sobre a prevenção da dengue para escolas e orientar sobre a identificação da epidemia fazem parte das propostas do Programa Laboratório Móvel de Educação Científica da UFPR Litoral, realizado em parceria com a Agência Espacial Brasileira e com a Nasa (National Aeronautics and Space Administration ou Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço). O trabalho foi exposto durante a feira de extensão do Enec, na Reitoria.

Uma das ações do programa envolve ensinar alunos de escolas da região a identificar focos da dengue. Quando encontrado algum possível foco da epidemia, é feita a coleta da larva e a identificação da espécie com microscópio junto às crianças. “É desenvolvido um trabalho educacional de levar a ciência da universidade para as escolas. Nesse caso uma conscientização para reduzir o problema da dengue”, disse Bruno Martins Gurgatz, estudante de mestrado em Desenvolvimento Territorial Sustentável na UFPR Litoral. Participante da Siepe há sete anos, ele acredita que a troca de ideias e a interação com outros pesquisadores é o maior ganho do evento.

Assista ao vídeo com a identificação e análise com microscópio, nesse caso do mosquito Culex, conhecido como pernilongo:

Imagens do vídeo: Divulgação

Acessibilidade na universidade
Roda de conversa

Diferentes temáticas são discutidas durante as rodas de conversa do Enec, como educação, cultura, direitos humanos e justiça, meio ambiente e saúde. Na manhã de terça-feira (2) a acessibilidade na universidade foi um dos assuntos abordados.

Rodas de conversa abordaram diferentes temáticas no Enec 2018. Foto: Marcos Solivan/Sucom-UFPR

Rodas de conversa abordam diferentes temáticas até nesta quinta (4) no Enec 2018

Estudante do curso de Linguagem e Comunicação da UFPR Litoral e cadeirante, Pamella Crystina Ramos Bonifácio acredita que a discussão é importante para a conscientização da sociedade. “Algumas pessoas não sabiam da importância da acessibilidade para o deslocamento nas áreas da universidade. A Siepe traz a oportunidade de que mais pessoas saibam dessa importância”, disse.

Acolhimento de migrantes
Oficina

Apresentar à comunidade o que é ser migrante e refugiado no Brasil foi o objetivo da oficina Migração e Processos de Subjetivação: Psicologia, Psicanálise e Política na Rede de Atendimento ao Migrante. A oficina trouxe resultados do projeto de mesmo nome, que é desenvolvido desde 2014 e integra o programa de extensão Política Migratória e Universidade Brasileira, que envolve os cursos de Letras, Direito e Psicologia da UFPR.

O projeto auxilia no aprendizado da língua portuguesa, encaminhamento de documentos para moradia, estudos e trabalho, e atendimento psicológico. Além disso, é feito um trabalho de desenvolvimento do potencial humano na infância. Neste ano foram atendidos cerca de 200 migrantes, entre haitianos, sírios, bolivianos, venezuelanos, colombianos, chilenos e africanos de vários países, como Angola, Benim, Congo, República do Congo.

Coordenadora do projeto e professora do Departamento de Psicologia da UFPR, Elaine Schmitt Ragnini comentou que a questão econômica é o principal motivo das migrações, além da guerra e perseguição política e religiosa. “Precisamos sensibilizar a população da importância da acolhida e de um lugar social e simbólico para essas pessoas. A Siepe é um espaço que permite socializar e divulgar o nosso trabalho”, disse.

Assista ao vídeo com a notícia sobre o tema produzida pela UFPR TV:

Evidências científicas sobre saberes populares
Apresentação oral

O uso de plantas medicinais e suas evidências científicas são estudadas no projeto interdisciplinar Saber Popular Baseado em Evidências, que começou neste ano e envolve os cursos de Farmácia, Biologia, Terapia Ocupacional, Fisioterapia e Nutrição da UFPR. Uma das preocupações do projeto é levar o conhecimento científico para a comunidade com a divulgação de vídeos didáticos sobre fitoterapia, por exemplo.

A professora do Departamento de Biologia Celular e coordenadora do projeto, Flavia Sant’Anna Rios, explicou que há um avanço científico muito grande sobre o uso de plantas medicinais, que mostra que realmente existem princípios ativos que podem curar, mas que também há plantas tóxicas e com interações medicamentosas. “As pessoas precisam saber quais são as formas corretas de uso”, disse. O trabalho foi apresentado durante o Enec e, para ela, o evento é uma troca muito rica com pessoas de outros setores.

Confira abaixo alguns depoimentos sobre a participação de docentes e estudantes no Enec e na Siepe 2018:

Clique aqui e confira a programação da Siepe.

Acompanhe notícias sobre o evento em www.ufpr.br e www.youtube.com/TVUFPR. Fotos da Siepe 2018 estão disponíveis neste link.

Por Chirlei Kohls
Parceria Sucom e Agência Escola de Comunicação Pública e Divulgação Científica e Cultural da UFPR


Outras notícias

UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2018 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR