Universidade Federal do Paraná

Menu

Extensão e Cultura

Prefeitura de Curitiba anuncia criação, proposta por equipe da UFPR, de inédito sítio geológico e paleontológico

Superintendência de Comunicação Social     9 de fevereiro de 2018 - 18h34

A UFPR prossegue sendo protagonista, em vários campos do conhecimento. Agora, foi a vez do Museu de Ciências Naturais e do Programa de Pós-Graduação em Geologia da Universidade Federal do Paraná, que foram informados oficialmente pelo prefeito de Curitba, Rafael Greca de Macedo, da criação de um inédito sítio geológico e paleontológico na cidade.

Localizada em uma área de 16 hectares situada às margens da BR-277, próxima do Contorno Sul, na CIC, a Área de Relevante Interesse Ecológico (Arie) será a segunda mais antiga do Brasil e foi anunciada durante reunião de Greca com uma equipe de especialistas da UFPR liderada pelos professores Fernando Sedor (paleontólogo e coordenador científico do Museu de Ciências Naturais) e Luiz Alberto Fernandes, coordenador do Programa de Pós-Graduação em Geologia.

Na prática, isto significa que o local será tombado pela prefeitura para a realização de estudos e pesquisas. O prefeito Rafael Greca anunciou ainda que a área receberá infraestutura para que os professores e pesquisadores desenvolvam seu trabalho no local, que também abrigará um parque aberto ao público e atividades culturais por meio do programa educacional Linha do Conhecimento, garantindo que crianças sejam incentivadas à pesquisa.

Ameaça da especulação imobiliária

A proposta de criação do sítio foi apresentada à prefeitura há cerca de 1,5 ano, quando os professores e pesquisadores da UFPR perceberam o risco de que a especulação imobiliária e a urbanização destruíssem o local. “Ali é uma zona residencial. Quando percebemos a importância da área e o impacto grande que poderia sofrer, decidimos apresentar a proposta”, contou Sedor, que também teve a companhia, na reunião, de uma equipe de geólogos da UFPR formada por Fernanda Cristine Borato Xavier, Kimberlym Tabata Pesch Vieira e, ainda, Davi Dias da Silva, do Museu de Ciências Naturais/Fundação Zoobotânica/RS.

Na reunião, com Greca – da qual participaram ainda a secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Dias, e o presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Luiz Fernando Jamur – os professores da UFPR explicaram que a criação do sítio vai valorizar e divulgar o patrimônio geológico e palentológico da cidade, ampliando os registros sobre a bacia sedimentar de Curitiba e estabelecendo técnicas de conservação que mantenham as exposições íntegras e acessíveis para usos científico e educativo.

Importância geológica e paleontológica

O local tem grande importância geológica e paleontológica. Trata-se do último remanescente da Formação Guabirotuba, onde foram encontrados fósseis de vertebrados e invertebrados que permitem o estudo da evolução da fauna da América do Sul. Entre eles, ancestrais de tatus e preguiças e uma nova espécie (Proecoleophorus Carlinii) cuja idade data do período Eoceno, a segunda época da era Cenozoica, compreendido entre 55 milhões de anos e 36 milhões de anos.

Na América do Sul, só existem 20 lugares que podem revelar a história evolutiva dos mamiferos porque possuem rochas com fósseis que remontam ao período após a extinção dos dinossauros. No Brasil, são quatro áreas. O sítio de Curitiba é uma delas – a segunda mais antiga do País (o primeiro fica em Itaboraí, no Rio de Janeiro), com mais de 66 milhões de anos.

O prefeito Rafael Greca de Macedo deverá assinar o decreto convertendo o local em Área de Relevante Interesse Ecológico em 29 de março, na comemoração dos 395 anos de emancipação da cidade de Curitiba. No mesmo dia, no Memorial da cidade, o professor Fernando Sedor vai ministar palestra e falar sobre a importância da criação da Arie. O evento será aberto a estudantes da rede pública de ensino.

Por Aurélio Munhoz, com Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Curitiba

 

 

 

 

 


Outras notícias

UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2018 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR