Universidade Federal do Paraná

Menu

Ensino e Educação

Olimpíada Paranaense de Matemática premia estudantes e escolas

Aline Fernandes França     30 de novembro de 2018 - 10h53

A terceira edição da Olimpíada Paranaense de Matemática (OPRM), realizada pela Universidade Federal do Paraná, premiou 136 estudantes na quinta-feira (29). A cerimônia aconteceu no Teatro do Colégio Bom Jesus, em Curitiba.

A premiação foi dividida em categorias, conforme o padrão da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM): nível I, 6º e 7º anos; nível II, 8º e 9º anos; e nível III, ensino médio. Além das medalhas de ouro, prata e bronze, também foram entregues menções honrosas e premiações para os colégios, de acordo com o desempenho dos alunos.

“Aquele estudante que tem aptidão se apaixona e se aproxima mais da Matemática. Já o que não tem tanta facilidade, mas gosta da competição, também acaba sendo atraído”, avaliou o chefe do departamento de Matemática da UFPR, professor José Carlos Eidam. “Esse é um contato efetivo entre universidade e escola e confirma o protagonismo da UFPR frente ao desenvolvimento da sociedade”.

Foto: Leonardo Bettinelli

O presidente do comitê da OPRM, professor Diego Otero, afirmou que a competição cresceu nos últimos anos. “A quantidade de inscritos superou nossas expectativas esse ano, foram mais de 11 mil. No ano que vem, o número deve aumentar. Gostamos de ver esses alunos atrás de desafios matemáticos em todo o estado”.

“Temos ex-alunos como professores das escolas básicas e ações como essa aproximam a universidade e escola. Esse é um momento de incentivar esses jovens para que valorizem o conhecimento”, destacou o pró-reitor de Graduação e Educação Profissional da UFPR, Eduardo Barra.

A vice-reitora Graciela Inês Bolzón de Muniz parabenizou os estudantes. “Estamos orgulhosos do esforço e desempenho de vocês. Parabéns a todas as famílias”.

Também participaram do evento o diretor do setor de Ciências Exatas, Marcos Sfair Sunye, a coordenadora do curso de Matemática da UFPR, Elisângela de Campos, e o membro do comitê e idealizador da OPRM, Marcelo Moreira da Silva.

Veja mais imagens da cerimônia.

Medalhistas

A competição foi uma vitória em dose dupla para os irmãos Raíssa e Rubens Ortega, medalhistas de ouro. “Meu irmão já participava e me mostrou como era. Nosso pai, que é professor de matemática, também nos ajudou na preparação”, contou Raíssa.

“Desde o sexto ano participo de Olimpíadas. Com o tempo gostamos das competições e vimos que dava para se preparar em busca de melhores resultados. É muito bom saber que você trabalho, se dedicou e hoje estamos colhendo os frutos”, disse Rubens.

Jean Ratier, de 13 anos, participou do Polo Olímpico de Treinamento Intensivo (POTI) – projeto desenvolvido para alunos do ensino fundamental e médio na UFPR, com o objetivo de treiná-los para eventos nacionais e internacionais de Matemática. “Essa foi a primeira vez que fiz a prova da OPRM. Recebi a medalha de bronze. Foi muito interessante para meu aprendizado de Matemática, porque ganhei mais experiência para provas, vestibulares e Enem”, afirmou o estudante do Colégio Bom Jesus. “O treinamento na UFPR [POTI] me ajudou bastante, as atividades são muito desafiadoras”.

Cecília Mileski recebeu a medalha de prata no nível II. Foto: Leonardo Bettinelli

A Olimpíada é voltada para alunos de escolas públicas e privadas. Cecília Mileski, aluna do Colégio Militar de Curitiba, participa de competições de Matemática desde 2017 e voltou a se destacar neste ano. “Eu sempre quis participar e meus pais me incentivaram. A prova não é fácil, mas é muito bom receber a medalha, você é premiado pelo esforço”.

Familiares dos estudantes acompanharam a cerimônia. Edi Brasil Silva, mãe de Gabriela, fez questão de trazer a filha de Ponta Grossa para receber a medalha. “É bem emocionante. Fiquei muito feliz com o resultado porque a gente sabe a dificuldade. É a primeira vez que ela consegue”, disse.

“Todos os anos da escola foram de preparação para esses momentos. Não foi fácil, mas meu estudo me ajudou a ganhar essa medalha, fiquei muito orgulhosa. Com a competição, você se dedica mais a atividades diferentes, tenta ir além”, relatou Gabriela.

Mãe e filha, Edi e Gabriela Brasil Silva, vieram de Ponta Grossa para a premiação.

Colégios premiados:

Nível 1
Colégio da Polícia Militar do Paraná – premiação de ouro
Colégio Militar de Curitiba – premiação de prata
Escola Londrinense – premiação de bronze

Nível 2
Colégio Militar de Curitiba – premiação de ouro
Colégio da Polícia Militar do Paraná – premiação de prata
Escola Londrinense – premiação de bronze

Nível 3
Colégio Militar de Curitiba e Colégio Positivo – premiação de ouro
Colégio Positivo e Colégio Integral – premiação de prata
Colégio da Polícia Militar do Paraná; Colégio Marista Paranaense, Colégio Imaculado Coração de Maria; Colégio Emília Erichsen e Colégio Bom Jesus – premiação de bronze

 

OPRM 2018

A Olimpíada Paranaense de Matemática é coordenada pelos professores Diego Otero e Hudson Lima, do departamento de Matemática da UFPR, e conta com o apoio do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada, que organiza a Olimpíada Brasileira de Matemática, da Multilaser, do Colégio Positivo, do Colégio Bom Jesus, do Núcleo de Concursos da UFPR e do Sindicato das Escolas Particulares do Estado do Paraná.

Nesta terceira edição da OPRM, 170 escolas de 69 municípios paranaenses participaram. Em todo o Paraná, quase 12 mil estudantes participaram da primeira fase da OPRM 2018, realizada em junho. O número de inscritos foi quase três vezes maior que em 2017, quando mais de quatro mil estudantes compareceram para a primeira etapa. De acordo com o Departamento de Matemática da UFPR, o aumento significativo é resultado da ampla divulgação e da alteração nas inscrições, que antes eram realizadas pelos próprios estudantes e agora acontecem por meio das escolas.

Para a segunda fase da competição estadual, 357 alunos do ensino fundamental e médio foram selecionados. As provas aconteceram no mês de setembro em sete cidades: Cascavel, Curitiba, Laranjeiras do Sul, Londrina, Maringá, Ponta Grossa e Toledo.

A logística de provas, elaboração e correção são realizadas pelo Núcleo de Concursos da UFPR.

Confira mais informações sobre a OPRM pelo site.


Outras notícias

UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2019 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR