Universidade Federal do Paraná

Menu

Extensão e Cultura

Últimas notícias...


Histórico de notícias

UFPR abre exposição #PartiuficarVivo para marcar Maio Amarelo

Superintendência de Comunicação Social     17 de maio de 2017 - 16h29

#PartiuficarVivo é o nome da exposição criada pelo Grupo de Pesquisa em Trânsito e Transportes Sustentável da UFPR , para marcar o Maio Amarelo, movimento mundial que busca levar a sociedade a adotar atitudes capazes de reduzir o número de mortos e feridos no trânsito. A mostra reuni painéis com fotografias de acidentes de trânsito e dados científicos e  está  inicialmente no  saguão do prédio histórico da UFPR, na Praça Santos Andrade. Depois, deverá percorrer os demais campi da universidade em Curitiba.

A professora Alessandra Sant’Anna Bianchi, coordenadora do Programa de Pós Graduação em Psicologia da UFPR e integrante do Grupo de Pesquisa em Trânsito e Transporte Sustentável – explica que a mostra parte de um paralelo entre a morte trágica dos ocupantes do avião que levava para a Colômbia o time Chapecoense e o que vemos diariamente no trânsito das cidades brasileiras.

“A ideia é propor uma reflexão sobre o emprego do termo acidente. Se contabilizarmos o número de mortes no trânsito, é como se caísse um avião por dia no Brasil, e em geral essas mortes não são acidentes. O que vemos são, por exemplo, colisões decorrentes de impaciência, batidas decorrentes de imprudência, atropelamentos que resultam do desrespeito às regras do trânsito, ferimentos provocados por falta de cortesia”, afirma a professora.

Ela lembra que em 2010 o Brasil assinou na ONU o compromisso de diminuir pela metade, em dez anos,  o número de acidentes de trânsito, mas em muitas cidades o número só aumenta. “Matamos 43 mil pessoas por ano no trânsito. Falta conscientização e punição. Precisamos nos mobilizar” diz  Alessandra.

A exposição #PartiuficarVivo pretende atingir não apenas a comunidade acadêmica  da UFPR, mas também o público externo, contribuindo para conscientizar a respeito das causas evitáveis de acidentes de trânsito.

Movimento Maio Amarelo

O Movimento Maio Amarelo começou em 2014, quando, por meio de uma ação coordenada entre poder público, sociedade civil e iniciativa privada, foram desenvolvidos vários tipos de ações que chamaram a atenção da sociedade para o alto índice de morte e feridos no trânsito em todo o mundo. Sem ligação com governos ou partidos políticos, o Movimento  mostra que a atitude de cada um pode mudar o alto índice de acidentes de trânsito.

Estima-se que de 90% a 95% dos acidentes de trânsito poderiam ser evitados porque foram causados por algum tipo de imprudência. O Maio Amarelo segue a mesma linha do Outubro Rosa, que conscientiza sobre o câncer de mama, e do Novembro Azul, que aborda o câncer de próstata. O laço, símbolo dos dois movimentos, também passou a ser o do Maio Amarelo, mas na cor amarela, que representa a cor de advertência no trânsito.

acesse o link da exposição.

 


Outras notícias

UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2017 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR