Universidade Federal do Paraná

Menu

Ciência e Tecnologia

Professora de Design participa nos EUA de consulta sobre rotulagem de alimentos da OPAS/OMS

Camille Bropp     16 de novembro de 2017 - 14h46

A intenção de expor experiências de regulação e propostas para melhorar as rotulagens de alimentos em diversos países, com foco na saúde da população, levou a Organização Panamericana de Saúde (OPAS) a convidar especialistas do mundo todo para uma consulta técnica que ocorrerá entre os dias 13 e 15 de novembro, em Washington D.C. (EUA).

Uma dessas especialistas é a professora de Design Carla Spinillo, da UFPR, que apresentará a proposta desenvolvida com o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) e entregue à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em setembro. A iniciativa aprimora, com regras do Design da Informação, a experiência chilena de usar alertas quanto a aspectos nutricionais dos alimentos industrializados para orientar consumidores no momento da compra. A proposta inova por enfatizar o design informacional na rotulagem de alimentos.

O Idec está promovendo uma petição pública em apoio à proposta (assine aqui). A Anvisa planeja abrir uma consulta pública sobre o tema ainda neste ano. Outras propostas já foram apresentadas, inclusive por representantes da indústria de alimentos.

Contra a obesidade

A consulta pública da OPAS reúne especialistas em diversas áreas, tais como nutrição, etiquetagem de alimentos, mercado, comércio, regulação, design, psicologia, ciência do comportamento e neurociência. Também participarão representantes dos Estados-membros da OPAS interessados no tema.

Segundo nota conceitual da OPAS, com a identificação da relação entre doenças relacionadas à obesidade e o consumo de alimentos industrializados, também se constatou que os rótulos de produtos ultraprocessados contém problemas que levam à desinformação e confundem consumidores.

Como braço na América Latina da Organização Mundial de Saúde (OMS), a OPAS tem a melhoria da rotulagem de produtos alimentícios ultraprocessados como uma das metas do seu plano de prevenção contra obesidade no continente. O plano foi aprovado em 2013, durante a 53° sessão do conselho-diretivo da entidade.

Um estudo divulgado pela OPAS em 2015 defende que os alimentos industrializados promovem o aumento de peso e a obesidade, portanto a regulação teria efeitos benéficos para a redução do consumo de alimentos perigosos — como os com alta concentração de açúcar e gordura.


Outras notícias

UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2017 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR