Universidade Federal do Paraná

Menu

Últimas notícias...

    Nenhuma notícia nesta categoria!


Histórico de notícias

ITCP: apoio extensionista ao cooperativismo popular é tema de Seminário na UFPR

Rodrigo Choinski     9 de novembro de 2017 - 22h54

O Seminário da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCP) da UFPR está com inscrições abertas até o dia 22 de novembro. O tema deste ano é “Perspectiva para a economia solidária em um cenário de crise”. O evento acontece no dia 23 de novembro no auditório do Setor de Ciências Agrárias entre as 9h e 17h.

Segundo o coordenador do programa, Sandro Miguel Mendes, o objetivo do evento é estreitar laços com outras iniciativas que estão presentes na UFPR, especialmente projetos e programas de extensão. Além de abrir portas para novas parcerias.

Visita da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCP) à Comunidade Quilombola João Surá no Vale do Ribeira. (foto: Samira Chami Neves)

Pela manhã haverá uma mesa para discutir os desafios do atual contexto de crise no país para a economia solidária, com as presenças confirmadas de Denys Dosza, técnico ex-coordenador da incubadora e uma das referências do assunto no Paraná, e do professor da UFPR José Herique de Faria.

À tarde haverá uma discussão sobre metodologias extensionistas e de associativismo e cooperativismo. Representantes das incubadores da Univesidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) – Trilhas – juntam-se à equipe da incubadora para trocar experiências e planejar ações unificadas.

A ITCP surgiu em 1999 a partir de um contato de alguns professores com a incubadora da UFRJ e desde então passou a oferecer tanto à implementação e estruturação de associações e cooperativas populares. A maior

Visita da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCP) à Comunidade Quilombola João Surá no Vale do Ribeira. (foto: Samira Chami Neves)

Além do suporte oferecido para as instituições, a ITCP mantém atividades acadêmicas para além da extensão, relacionadas às suas iniciativas. Segundo Dosza, sem a participação dos estudantes e sem pesquisas as atividades não teriam sentido. “Nós não queremos substituir a EMATER que tem uma equipe completa e muita experiência no campo do extensionismo rural, nós somos universidade e temos de contemplar o ensino e a pesquisa, além da extensão” explica o ex-coordenador.

Com o passar do tempo, a incubadora se tornou referência em seus campos de atuação, tendo sido convidada a prestar consultoria para órgãos governamentais e para a formação de outras incubadoras. Atualmente o principal projeto neste sentido é a atualização do Plano de Desenvolvimento do Vale do Ribeira. O plano é iniciativa de um fórum de sete municípios da região que buscam estratégias comuns de desenvolvimento.

Passagem na balsa para na visita da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCP) à Comunidade Quilombola João Surá no Vale do Ribeira. (foto: Samira Chami Neves)

A presença da ITCP na região iniciou em 2008 quando a partir do contato com produtores de Tunas do Paraná, por meio do Projeto Rondon, ajudou a formar a APROTUNAS – Associação de Produtores Rurais. A associação tornou-se referência e levou a ITCP a ter visibilidade no local. Hoje , além da parceria com o fórum, a ITCP mantém atividades em municípios do vale como Bocaiúva do Sul e Cerro Azul.

No litoral do Paraná a entidade também atua na promoção da economia solidária e outras ações de apoio do projeto “Mais Cultura UFPR” desenvolvido pela Pró-reitora de Extensão e Cultura (PROEC) em parceria com o Governo Federal. A iniciativa pretende fazer um mapeamento e ajudar na promoção do resgate cultural da região.

Reforma de uma casa de barro durante visita da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCP) à Comunidade Quilombola João Surá no Vale do Ribeira. (foto: Samira Chami Neves)

A incubadora mantém ações em comunidades da parte continental de Guaraqueçaba e na Ilha de Superagüi. Segundo Mendes, “o projeto executa ações de resgate cultural, georreferenciamento de pontos culturais importantes além trabalhar com as comunidades tradicionais da região. O objetivo é produzir materiais como vídeos, fotografias e exposições que aborde a cultura caiçara no litoral do Paraná”.

Por Rodrigo Choinski


Outras notícias

UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2017 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR