Universidade Federal do Paraná

Menu

+ UFPR

Comissão de Acompanhamento do Orçamento recebe dados que mostram impacto dos cortes do governo federal na UFPR

Superintendência de Comunicação Social     4 de setembro de 2017 - 17h57

A Comissão de Acompanhamento do Orçamento da UFPR recebeu na última quinta-feira (31) dados atualizados sobre o impacto dos cortes feitos pelo governo federal na situação econômico-financeira da universidade. A previsão é que, caso o governo não reveja o contingenciamento de recursos, a UFPR chegue ao fim do ano com um rombo de R$ 7,7 milhões nas contas de despesas centralizadas no Departamento de Serviços Gerais e RU – que, além dos restaurantes universitários, incluem gastos como água, luztelefone, pessoal terceirizado de segurança, limpeza, portaria, apoio técnico etc.

Formada por representantes de professores, servidores técnico-administrativos e estudantes, a comissão recebeu as informações do pró-reitor de Planejamento, Orçamento e Finanças, Fernando Marinho Mezzadri. Segundo ele, a intenção é que o orçamento da UFPR seja efetivamente acompanhado por todos os segmentos da comunidade universitária. “Queremos tornar isso uma rotina, tornando o processo o mais transparente possível”, afirmou Mezzadri,

O pró-reitor lembrou que o orçamento de custeio da UFPR para 2017 é de R$ 173.164.995,00 – R$ 11,3 milhões a menos do que no ano passado, o que representa um corte de 6,1% . Sobre o valor já reduzido, o governo federal ainda aplicou o contingenciamento em R$ 152.981.120,00. Até o momento o governo liberou para empenho apenas 75% desses recursos. Apesar de todo o esforço para cortar gastos, a previsão das despesas ainda continua acima das disponibilidades orçamentárias pós-contingenciamento.

O maior descompasso está nas despesas relacionadas aos restaurantes universitários – que também representam o maior gasto corrente da universidade. O subsídio aprovado pelo Coplad para o ano de 2017 foi de R$ 5,7 milhões. Porém, até agora o gasto já foi de R$ 6,4 milhões. “Com a crise, mais gente está comendo nos RUs, e além disso a universidade está em processo de expansão, o que também aumenta o número de usuários”, afirma o pró-reitor de Administração, Marco Cavalieri. No total, o custo dos RUs para a UFPR é de R$ 20,4 milhões por ano, ao passo que a receita anual com a cobrança de refeições dos usuários é de R$ 2,5 milhões.

De acordo com Mezzadri, a UFPR tem feito gestões junto ao governo federal para que libere pelo menos parte dos recursos contingenciados, de forma que a universidade não seja obrigada a deixar pagamentos pendentes para 2018, quando o cenário promete ser novamente difícil. “Pelas informações que recebemos em Brasília, na melhor das hipóteses o orçamento das universidades federais para 2018 será igual ao de 2017. Então, não podemos deixar despesas de um ano para o outro, sob pena de criar uma bola de neve”, afirmou.

 


Outras notícias

UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Flickr RSS UFPR UFPR no Youtube UFPR no Instagram
Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299 | CEP 80.060-000 | Centro | Curitiba | PR | Brasil | Fone: +55(41) 3360-5000
UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Universidade Federal do Paraná
Rua XV de Novembro, 1299
CEP 80.060-000 - Centro
Reitoria da UFPR - Curitiba - PR - Brasil
Fone: +55(41) 3360-5000

Imagem logomarca da UFPR

©2017 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR